top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Wilson Lima conhece exitoso sistema de tratamento de esgoto e diz que solução europeia pode ajudar

Governador cumpre agenda oficial na capital austríaca para troca de conhecimentos sobre boas práticas ambientais

 

O governador do Amazonas, Wilson Lima, visitou, nesta terça-feira (02/05), a empresa Ebswien, em Viena, capital da Áustria. A companhia é responsável pelo tratamento de esgoto da principal cidade do país, localizado na Europa Central. A agenda oficial de troca de experiências é para conhecer ações voltadas à proteção do meio ambiente e do clima.

Viena é referência mundial no tratamento de águas residuais e, segundo o governador do Amazonas, as medidas colocadas em prática na cidade podem auxiliar na solução de problemas de municípios do Amazonas.

“Toda essa tecnologia, todo esse conhecimento é importante para a gente ter ideia do que o mundo moderno está fazendo em termos de destinação do resíduo sólido e, também, do esgoto que é produzido pelas cidades”, avaliou o governador Wilson Lima.

 

Acompanham o chefe do Executivo do Amazonas na agenda oficial, que segue até esta quarta-feira (03/05), o deputado federal Amon Mandel e o secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira.

 

A cidade de Viena tem, praticamente, 100% de cobertura de tratamento de esgoto. O total de 99% das unidades domiciliares são atendidas por tratamento de resíduos. Nas casas que não estão interligadas ao sistema, o tratamento de esgoto é realizado por uma estrutura apropriada, recebendo da Ebswien o suporte necessário. Em 20 horas, as águas residuais que chegam à empresa são tratadas e deixam a fábrica.

 

Geração de energia

 

Além de tratar o esgoto da cidade, a empresa também usa o lodo para produção de energia elétrica. Os sedimentos passam por um processo de reidratação e retirada da água.

 

“Há uma tecnologia muito significativa empregada ali para o tratamento de esgoto, para o tratamento do lodo, do uso do lodo e alguns outros resíduos sólidos do esgoto para a geração de energia e, também, o tratamento da água para depois colocar essa água de volta na natureza”, destacou o governador.

 

Cerca de dois bilhões de litros de lodo fino contendo cerca de 70 mil toneladas de matéria seca se acumulam em Viena por ano, segundo dados da Ebswien.

 

Tecnologia

 

O lodo primário, do tratamento preliminar, e o excesso de lodo das etapas de tratamento biológico são coletados nos quatro espessadores da estação de tratamento de esgoto de Viena.

 

Este é o início de um extenso tratamento de lodo, que não só torna inofensivos todos os poluentes anteriormente contidos nas águas residuais, mas acima de tudo serve a um objetivo: a geração da maior quantidade possível de energia renovável no tratamento de esgoto.

Como parte dos compromissos em relação à geração de energia, o governador visita a empresa Das Energy, que atua na produção de painéis solares flexíveis, tecnologia que pode auxiliar no abastecimento de comunidades do Amazonas.

 

Wilson Lima também se reúne, na Prefeitura de Viena, com Jurgen Czernohorsky, secretário do Departamento do Clima, Meio Ambiente e Democracia. E, no Ministério do Meio Ambiente, reunirá com a ministra Leonore Gewessler, com a participação de Nelson Tabajara de Oliveira, embaixador do Brasil na Áustria.

0 comentário

댓글


bottom of page