top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Wilson Lima anuncia novo programa habitacional com 22 mil soluções de moradia e 32 mil títulos de te

Com investimentos de R$ 3,9 bilhões, ‘Amazonas Meu Lar’ foi lançado hoje durante a entrega do Parque Residencial General Rodrigo Otávio


O governador Wilson Lima anunciou, nesta segunda-feira (10/04), o maior programa habitacional do estado – o Amazonas Meu Lar, que contempla 22.172 soluções de moradia definitivas, das quais 20 mil novas unidades habitacionais, e a emissão de título definitivo para 32 mil propriedades no Amazonas, em quatro anos.

O anúncio do programa ocorreu durante a entrega do Parque Residencial General Rodrigo Otávio, com 32 apartamentos, no bairro Japiim, zona sul de Manaus. Do total do investimento no Amazonas Meu Lar, de mais de R$ 3,9 bilhões, R$ 1,086 bilhão virá dos cofres estaduais e os R$ 2,836 bilhões restantes serão do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e de programas de financiamento da Caixa.

“Vamos entregar 22 mil soluções de moradias, vamos entregar moradias que sejam dignas, que respeitem o cidadão”, afirmou o governador do Amazonas. “Isso aqui (residencial Rodrigo Otávio) é um sonho que vocês estão realizando, mas podem ter certeza que o cara mais feliz daqui sou eu”, completou Wilson Lima.

O novo programa do Governo do Estado será realizado por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), em conjunto com a Superintendência de Habitação (Suhab). A UGPE já responde pelo Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+) e pelo Programa Social e Ambiental do Interior (Prosai) de Parintins, que têm em seu escopo soluções de moradia para famílias de área de risco e que terão a parte de habitação integrada ao Amazonas Meu Lar.


Regulamento 


Com o Amazonas Meu Lar, o governo Wilson Lima realiza o maior programa habitacional da história do Amazonas, a ser executado em quatro anos e com estimativa de geração de 51 mil empregos diretos e indiretos. Em até 60 dias será publicado o regulamento do programa, que deve abranger as cinco faixas de renda já previstas em programas federais, com os quais o Estado também vai firmar parcerias.


O projeto vai absorver as soluções de moradia disponíveis no Prosamin+ e no Prosai Parintins, que têm financiamento do BID. Também serão construídas novas moradias, além da concessão de subsídios para pagamento de sinal de financiamento para aquisição de imóveis já disponíveis no mercado. Serão destinadas, ainda, soluções de moradia definitiva para reassentar as famílias retiradas da ocupação Monte Horebe, zona norte, e da Cachoeira Grande, zona oeste, que hoje recebem auxílio aluguel do Estado.

Participaram da cerimônia de lançamento, o vice-governador Tadeu de Souza; deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), como o presidente Roberto Cidade, Alessandra Campelo, Cabo Maciel, Adjuto Afonso, Mayara Pinheiro e Thiago Abrahim; representantes da Câmara Municipal de Manaus, como os vereadores Diego Afonso, Alan Campêlo e Márcio Tavares, além de secretários estaduais, como o superintendente de Habitação, Jivago Afonso, e o coordenador da Unidade Gestora de Projetos Especiais, Marcellus Campelo, e os deputados federais Saulo Viana, Fausto Júnior e Alberto Neto.


Indenizações


Ainda durante o evento, foi realizada a entrega de cheques para o pagamento de bônus moradia, indenização e fundo de comércio a mais 42 moradores das comunidades da Sharp e Manaus 2000, beneficiários do Prosamin+. Com esse pagamento, já são 491 famílias dessas áreas atendidas com soluções de moradia.


Entre as famílias que vão habitar o Parque Residencial General Rodrigo Otávio estão a de dona Dinamere Benicio Cárceres, 44, cuja casa foi arrastada pela correnteza durante a chuva do último dia 25 de março. Ela e as duas filhas, Giovanna, de 15 anos, e Jordana, de 9, já tinham participado da escolha do apartamento um dia antes de ter a casa e seus pertences levados.


“Eu passei muita tristeza naquele local, mas hoje é só alegria. Eu não tinha muita esperança não, porque entrava governo, saía governo e era só promessa. Agora veio a gestão do nosso governador Wilson Lima e deu tudo certo. Uma moradia digna, vou poder dormir no tempo de chuva e não ficar preocupada se vai alagar”, disse Dinameri Cárceres, que recebeu das mãos do governador Wilson Lima o título definitivo de seu imóvel.

0 comentário

Comments


bottom of page