top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

V√≠deos ūüďĻ Ap√≥s pris√£o de Leando Souza, PC de MPU segue investigando morte de Subtenente Ademar


Seis meses de investiga√ß√Ķes e um suspeito da morte do Subtenente preso. A pris√£o pode ser o primeiro passo para desvendar o crime.



Investiga√ß√Ķes levaram a pol√≠cia Civil de Manacapuru, a prender o primeiro suspeito de participa√ß√£o na execu√ß√£o do policial PM. Crime ocorrido em 02 de janeiro em Manacapuru/AM

Leandro de Souza Magalhães (37), foi preso suspeito de ter assassinado o próprio cunhado, o subtenente da PM, Ademar Magalhães Ribeiro.


Ademar Magalh√£es Ribeiro


Segundo o delegado Rodrigo Torres que

Segundo o delegado Rodrigo Torres que comandou as investiga√ß√Ķes, Leandro, que era cunhado da v√≠tima, √© o principal suspeito do crime. Al√©m de arquitetar a morte, as investiga√ß√Ķes da PC indicam o cunhado como um dos executores do militar.



Pris√£o do Suspeito

Em operação de cumprimento de mandado de prisão, busca e apreensão, policiais Civis da Delegacia Interativa de Policia de Manacapuru, foram até a cspital e realizaram na manhã desta quarta-feira (27), a prisão de Leandro de Souza Magalhães (37), suspeito de ter assassinado o próprio cunhado, o subtenente da PM, Ademar Magalhães Ribeiro.



O Crime de execução

O crime ocorreu no dia 02 de janeiro, por volta das 22:30h, no Bairro Lago Azul, em Manacapuru. De acordo com investiga√ß√Ķes, a motiva√ß√£o teria sido uma desaven√ßa familiar entre suspeito e v√≠tima.



Detalhes do crime

Na ocasião do crime, um fato chamou a atenção dos investigadores. A vítima, Sub Magalhães, como era conhecido, chegou a abaixar o vidro do carro, o que indicava que ele conhecia o suspeito, e após abaixar o vidro, foi alvejado com pelo menos 4 tiros de pistola cal. 9mm.




O delegado Rodrigo Torres falou sobre as investiga√ß√Ķes.




"A partir dessas suspeitas e com o trabalho de investigação e inteligência, a gente chegou ao nome do suspeito preso hoje, foram seis meses de um trabalho intenso com várias oitivas e diligências não só em Manacapuru.


A arma do crime


Durante o cumprimento do mandado de prisão os polícias apreenderam na cada do suspeito uma pistola 9mm, arma que se assemelha ao calibre dos projeteis que mataram o militar.

Al√©m do cumprimento de mandado cumprido na casa do principal suspeito, mandados de busca e apreens√£o foram cumpridos nas resid√™ncia de outras pessoas que podem ter liga√ß√£o com o homic√≠dio, nesses locais foram apreendidos, al√©m das armas de fogo, 12 aparelhos celular, dezenas de muni√ß√£o, pouco mais de 4 mil reais em dinheiro, al√©m de quel√īnios e carne de ca√ßa que foram apresentados na Delegacia de Crimes Ambientais.



"Todo esse material que foi apreendido ser√° periciado, e que poder√° ajudar na continuidade das investiga√ß√Ķes, inclusive, na poss√≠vel comprova√ß√£o do envolvimento de outras pessoas, o nosso trabalho vai continuar at√© que todas as duvidas a cerca desse homic√≠dio sejam esclarecidas". Finalizou Torres.



Segundo Torres, com a prisão do suposto autor do planejamento do crime a PC trabalha agora para identificar os demais membros da execução.


0 coment√°rio

Koment√°Ňôe


bottom of page