top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

V√≠deoūüďĻ Viol√™ncia dom√©stica e estupro de vulner√°vel em alta em MPU. Dois homens presos em 48 horas


Dois homens foram presos nas √ļltimas 48 horas em Manacapuru, acusados de crimes de viol√™ncia dom√©stica e estupros de vulner√°veis. Os dois entram pra a estat√≠stica de crimes contra a mulher e adolescentes que teve aumento no n√ļmero de casos de crimes dessa natureza, em rela√ß√£o ao mesmo per√≠odo do ano passado.



Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru, prendeu, em flagrante, na segunda-feira (26/12), por volta das 7h30, um homem de 40 anos, pelo crime de violência doméstica praticado contra sua companheira, de 37 anos. O crime ocorreu no bairro São José, e o indivíduo foi preso no mesmo dia, no bairro Correnteza, no município.



Segundo a delegada Robert Merly, titular da DEP, as diligências em torno do caso iniciaram após a vítima comparecer à delegacia e denunciar seu companheiro. Na ocasião, ela relatou que havia sido agredida por ele com socos e chutes no rosto e demais partes do corpo, o que resultou em vários hematomas.


 


‚ÄúAp√≥s tomarmos conhecimento dessa a√ß√£o criminosa, nos deslocamos em busca do infrator, mas ele j√° havia fugido do local. Em ato cont√≠nuo, realizamos novas buscas e o localizamos em uma via p√ļblica do munic√≠pio‚ÄĚ, explicou a delegada.



Prisão do acusado do crime de violência doméstica


Procedimentos


O indiv√≠duo foi autuado por les√£o corporal dolosa, inj√ļria e amea√ßa no √Ęmbito da viol√™ncia dom√©stica. Ele ficar√° custodiado na unidade policial, √† disposi√ß√£o 7

do Poder Judici√°rio.



Homem foi preso acusado de estupro de vulnerável, as vítimas seriam a mulher dele, uma enteada e um enteado



O homem de 55 anos foi preso pela polícia Civil de Manacapuru em cumprimento de mandado de prisão. Ele é acusado de ter abusado sexualmente de sua esposa e a filha e filho dela, no caso enteados do suspeito. Crimes cometidos em 2014.


De acordo com a investigadora Gilmara Batista, que est√° respondendo interinamente pela unidade policial, a equipe da DEP tomou conhecimento sobre a ordem judicial em nome do indiv√≠duo, decretada pela Vara da Comarca de Manacapuru, ap√≥s solicita√ß√£o do Minist√©rio P√ļblico do Amazonas (MPAM), conforme previsto na legisla√ß√£o vigente, em virtude da n√£o localiza√ß√£o do infrator.

‚ÄúCom base nisso, obtivemos informa√ß√Ķes sobre a localiza√ß√£o dele, e em ato cont√≠nuo, seguimos em dilig√™ncias e efetuamos sua pris√£o nas proximidades de seu local de trabalho‚ÄĚ, relatou a investigadora.

Procedimentos

O homem irá responder por estupro de vulnerável e ficará à disposição da justiça.

0 coment√°rio

Comments


bottom of page