Buscar
  • Adauto Silva

V√≠deoūüďĻ MPU„Äč Opera√ß√£o da ADAF e VS/MPU apreende 300 kg de pescado impr√≥prio para o consumo humano



300 kg de piracatinga apreendidos em MPU. Pescado que além de estar com a pesca proibida, estava impróprio para o consumo humano




Denuncia desencadeou a√ß√£o da ADAF-Ag√™ncia de Defesa Agropecu√°ria e Florestal do Estado do Amazonas e parceria com a Vigil√Ęncia Sanit√°ria do Munic√≠pio, que apreendeu 300 quilos de pescado da esp√©cie Piracatinga, que segundo os fiscais n√£o estavam em condi√ß√Ķes de consumo humano.



O pescado estava sendo filetado, e depois de embalado seguiria para ser comercializado no mercado consumidor.





Ninguém foi autuado pelo crime. Ao perceberem a chegada dos fiscais às pessoas que trabalhavam na preparação do pescado, abandonaram o local.



O pescado apreendido foi destruído e enterrado na lixeira do município.



A pesca predat√≥riada Piracatinga p√Ķe em risco uma outra esp√©cie. √Č que alguns pescadores utilizam a carne do boto para fazer iscas para capturar o pescado.


Foi publicada em 23/06, no Di√°rio Oficial da Uni√£o (DOU), a Portaria SAP/Mapa n¬ļ 1.082, por meio da Secretaria de Aquicultura e Pesca do Minist√©rio da Agricultura, Pecu√°ria e Abastecimento, prorroga√ß√£o da morat√≥ria da pesca e comercializa√ß√£o da piracatinga (Calophysus macropterus) em √°guas jurisdicionais brasileiras e em todo territ√≥rio nacional at√© 2 de julho de 2023.¬† Durante este per√≠odo, fica proibida a pesca, a reten√ß√£o a bordo, o transbordo, o desembarque, o armazenamento, o transporte, o beneficiamento e o com√©rcio dessa esp√©cie.



0 coment√°rio