top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

V√≠deo ūüďĻ MPU„ÄčIngratid√£o de Filhos e Enteados, a droga acabando com o amor e a fam√≠lia. M√£e e padrasto v√≠timas dos 'meninos de v√≥'




O m√™s de mar√ßo come√ßou com duas ocorr√™ncia no ceio da familia envolvendo enteado agredindo padrasto e filho agredindo m√£e de 78 anos. Os crimes de viol√™ncia no √Ęmbito dom√©stico v√™m aumentando consider√°vel. Como se n√£o bastassem os casos de maridos ou companheiros agredindo suas esposo, tem sido frequentemente den√ļncias de filhos e enteados agredindo m√£es e padrastos.


Enteado agride padrasto com facada

Kelison Alves Gomes foi preso na noite desta segunda-feira, 04/03, no conjunto Tia Alzira no Miriti, KM 07 da estrada Manuel Urbano, ao chegar em cada alcoolizado e após uma discussão com o padrasto, o agrediu com uma faca ferindou no braço. Mesmo ferido a vítima conseguiu pegar um pedaço de madeira e desferiu uma pauladas na cabeça do agressor.



A polícia foi acionada e prendeu o enteado que após ser medicado no hospital do município foi apresentado na Delegacia de Polícia local. Segundo a mãe de Kelison sempre que ele chega em casa sob efeito de álcool ou outra droga qualquer ele se torna agressivo.



Em um outro caso, o filho agrediu a m√£e de 78 anos

Um homem de 28 anos foi preso em flagrante, na √ļltima sexta-feira (1), por suspeita de amea√ßa de morte no √Ęmbito da viol√™ncia dom√©stica e familiar, contra a pr√≥pria m√£e, uma idosa de 78 anos. A a√ß√£o ocorreu no bairro Terra Preta, em Manacapuru, no interior do Amazonas.


Conforme a delegada Mary Anne Trov√£o, da Delegacia Especializada de Pol√≠cia (DEP) de Manacapuru, as dilig√™ncias iniciaram ap√≥s recebimento de den√ļncias an√īnimas informando que o homem estava amea√ßando a genitora de morte.



Imediatamente, os policiais civis e militares se deslocaram ao endereço mencionado na ocorrência e constataram o fato.

‚ÄúTivemos conhecimento de que o autor chegou √† resid√™ncia da v√≠tima sob efeito de √°lcool e entorpecentes. Ele e a m√£e come√ßaram a discutir, ocasi√£o em que ela disse que chamaria a pol√≠cia para cont√™-lo. Na sequ√™ncia, o homem disse que mataria ela antes da pol√≠cia chegar se ela fizesse isso‚ÄĚ, disse a delegada.



Segundo a autoridade policial, a idosa solicitou medida protetiva de urgência contra o filho. A ordem judicial foi concedida pela Justiça.


Procedimentos

O homem responder√° por amea√ßa no √Ęmbito dom√©stico e familiar. Ele segue √† disposi√ß√£o do poder Judici√°rio.



0 coment√°rio

Comments


bottom of page