top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

V√≠deoūüďĻ Miriti seco e po√ßos com baixa vaz√£o deixam MPU √† beira de um colapso no fornecimento de √°gua


O Rio Miriti que abastece 30% da cidade de Manacapuru est√° com capacidade reduzida pela seca


O baixo rio Solim√Ķes segue com niveis mais baixos ja registardos na regi√£o de Manacapuru. Nesta segunda-feira, 16 quando o rio Negro, em Manaus, ultrapassou a conta hist√≥rica de seca de 2010, o bairro Solim√Ķes em Manacapuru atingiu a cota inferior a 4 meses, o que j√° √© para regi√£o a maior seca registrada na esta√ß√£o de medi√ß√£o do n√≠vel do rio em Manacapuru.



Se o baixo n√≠vel do rio j√° causa dificuldades, o problema se agrava nos afluentes. O rio Miriti que concentra duas esta√ß√Ķes de capta√ß√£o de √°gua, que abastecem 30% da cidade, est√° com o n√≠vel muito baixo. Segundo o SAAE a seca est√° tirando a capacidade do sistema de atender a demanda da cidade.


Maiza Pinheiro - Diretora SAAE



O órgão anunciou para esta semana o

racionamento de √°gua.


Maiza Pinheiro - Diretora SAAE



Além do Miriti a sede do município conta com 37 poços artesiano para atender 30 bairros.


"Hoje temos 30 bairros cadastrados. Temos 37 poços na Zona Urbana

e 10 pocos na Zona Rural.

No n√≠vel normal do rio Miriti, n√≥s distribu√≠mos das Etas 400 metros c√ļbicos de agua por hora. Com a estiagem, s√≥ estamos produzindo 250 metros c√ļbicos por horas.

Isso se referindo às ETA's. Quanto à produção dos poços, estamos com alguns com baixa vazão. Apenas os poços de 150 metros em diante, ainda estão com a vazão controlada", explicou a gerente.



Reflexo da vazante no rio Solim√Ķes¬† e afluentes

O Governo do Amazonas informou que o Rio Negro superou, nesta segunda-feira (16/10), a cota histórica de seca de 2010, ao atingir a marca de 13,59 metros, quatro centímetros abaixo da vazante de 2010, que até então era a maior da história do estado, com o nível de 13,63 metros.


De acordo com a medição feita pelo Porto de Manaus, o Rio Negro baixou 32 centímetros entre sábado e hoje. As medidas do final de semana foram: menos 13 cm no sábado; menos 9 cm no domingo; menos 10 cm nesta segunda-feira.


Ação para minimizar Seca dos rios.

O Governo do Amazonas adotou, desde janeiro de 2023, medidas para enfrentar e amenizar os impactos da seca e tem enviado ajuda humanitária como cestas básicas, kits de higiene, água potável, medicamentos, entre outras medidas, para as famílias afetadas pela estiagem no estado.



No dia 12 de setembro, o governador Wilson Lima assinou decreto de Situa√ß√£o de Emerg√™ncia Ambiental em munic√≠pios das regi√Ķes Sul do Amazonas e Metropolitana de Manaus e apresentou o plano de a√ß√£o estadual para a Opera√ß√£o Estiagem 2023.


No dia 29 de setembro, o governador instituiu o Comitê de Intersetorial de Enfrentamento à Situação de Emergência Ambiental e também decretou situação de emergência em 55 municípios do Amazonas afetados pela seca severa que atinge o estado.

0 coment√°rio

Comments


bottom of page