top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Pior que a doença é o buling que elas sofrem, diz mãe das crianças vítimas do envelhecimento precose

Doença rara faz com que dois irmãos de 5 e 11 anos pareçam idosos; eles sofrem preconceito na escola


O casal de irmãos chamam atenção por terem uma doença genética incomum, que faz com que elas tenham a aparência de idosos. O menino e a irmã acabaram ficando conhecidos como os irmãos Benjamin Button por causa do filme estrelado por Brad Pitt.

Keshav Kumar, de 5 anos, e a Anjali, de 11, são portadores de uma doença conhecida como progéria. Essa condição ocorre geralmente de forma aleatória, ou seja, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não pode ser herdada.

A progéria, também conhecida como Síndrome de Hutchinson-Gilford, é uma doença extremamente rara e que é conhecida por causar o envelhecimento acelerado, deixando crianças de 10 anos com aparência de até 70 anos, por exemplo.

Quando alguma ocorrência dessa doença surge, rapidamente é ligada ao filme O Curioso Caso de Benjamin Button. Desta vez, o caso surgiu na Índia, mais precisamente na região de Jharkhand, e logo gerou repercussão em diversos sites internacionais.



A progéria geralmente é notada após o primeiro ano de vida do portador, dificilmente apresentando sintomas logo após o nascimento. Ela costuma afetar os ossos, provoca queda de cabelo, perda de gordura subcutânea, causa alterações cardiovasculares e no sistema imunológico, dificultando a vida e o crescimento.


Segundo a mãe de Keshav e Anjali, pior que a doença é o buling que seus filhos sofrem no processo de sociabilização, tanto escolar como social, o que desestimula as crianças.


Outro problema que a doença causa são os casos de bullying na escola, o que torna ainda mais difícil a situação dos irmãos e de sua família, considerando que ainda não há cura para a progéria, apenas tratamento para amenizar os sintomas.

0 comentário

Comentarios


bottom of page