top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

DC/MPU Avalia área atingida: Três embarcações foram a pique após desmoronamento de parte do cais MPU



Na noite deste domingo moradores da orla do bairro da Correnteza em Manacapuru, levaram um susto após o barulho causado pelo desmoronamento de parte do muro de arrimo que afundou três embarcações em Manacapuru.



As fortes chuvas que caíram nos últimos dias contribuiram para o deslizamento de terras que levou parte da estrutura de concreto para o fundo do Solimões.



Por volta da 10 horas da noite deste domingo (30), chuvoso em Manacapuru, região metropolitana de Manaus, o fenômeno causou o desabamento de parte do muro de arrimo do cais do bairro de Correnteza.



Segundo os moradores era por volta das 10:30h da noite, quando eles ouviram um grande estalo, e ao sair notaram os estragos causados pelo deslizamento de terras.


(Veja vídeo)




De acordo com os moradores, o local já apresentava sinais de rachaduras na estrutura, e com as fortes chuvas, o problema se agravou ocasionado o deslizamento de terras que levou junto o muro de arrimo do cais, a preocupação é que o problema se agrave para outros pontos do local e possam causar outros prejuízos.



Três pequenas embarcações foram atingidas, mas de acordo com os moradores, o problema poderia ser muito mais grave, já que o local não sofria nenhum tipo de manutenção mesmo apresentando riscos de desabar.


“Nós ficamos apreensivos, foi muito forte o barulho mas a gente sabia que isso estava pra acontecer, esse local está com problemas a muito tempo, e não foi arrumado, aí com as chuvas essa situação se agravou, o nosso medo é que outras partes desabe e possam até matar alguém, já que essa parte do porto é bem movimentada”. Disse uma moradora.



A Defesa Civil isolou a área do cais e investiga as causas do desabamento e os danos até agora e avalia quais as medidas que serão tomadas para evitar novos acidentes.

0 comentário

Comments


bottom of page