top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Sepror destaca avanços na reprodução de peixes nativos na estação de Balbina, em Presidente Figueire

O local distribui pós-larvas e alevinos para a capital e os 61 municípios do Amazonas

 

A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) destaca avanços na reprodução de peixes nativos para o estado, durante visita, na sexta-feira (12/05), ao Centro de Tecnologia, Produção e Conservação de Recursos Pesqueiros (CTPC), situado no Distrito de Balbina, em Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus).

A ação foi coordenada pela Secretaria Executiva Adjunta de Pesca e Aquicultura da Sepror, e seu titular, Alessandro Cohen, também acompanhou a distribuição de 6 mil alevinos para Maués e 20 mil para Barreirinha.

 

"Nos 30 dias de gestão, já iniciamos uma parceria de pós-doutorado com o Instituto Federal do Amazonas (Ifam), para desenvolvimento e aprimoramento de matrizes de tambaqui, pirapitinga, matrinxã e curimatã. Além do desenvolvimento de uma nova espécie a tambatinga (tambaqui + pirapitinga), espécie de cabeça menor e com mais carne", ressalta Cohen.

 

A estação é referência na reprodução de pós-larvas e alevinos no Amazonas. No local, foram visitadas as salas de pesquisas científicas, as incubadoras de produção de pós-larvas, tanques e viveiros e outras instalações.

 

Distribuição

 

Somente durante os meses de janeiro até a primeira semana de maio deste ano, foram reproduzidos mais de 525 mil alevinos e 320 mil pós-larvas, destinados aos municípios de Careiro Castanho, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Codajás, São Gabriel da Cachoeira, Barreirinha, Parintins, Iranduba, Maués, Coari e Manaus, atendendo aproximadamente 260 piscicultores. A previsão é entregar até o final de maio, cerca de 190 mil de alevinos a serem distribuídos em mais quatro municípios.

 

De 2019 a 2022, o CTPC produziu mais de 33,4 milhões de pós-larvas e 6,1 milhões de alevinos de tambaqui e matrinxã, destinados aos piscicultores de 27 municípios do estado.

 

0 comentário

Comentarios


bottom of page