top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Ritmos na ilha: Governo do Amazonas leva transmissão do Festival e shows gratuitos à Parintins

Os portões serão abertos às 19h e os shows irão até às 4h da manhã. O evento é realizado pela Amazonastur e Secretaria de Cultura e Economia Criativa

 

O Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) e da Secretaria de Estado de Cultura, leva atrações musicais e a transmissão do 56º Festival Folclórico de Parintins para ilha da magia, com o “Ritmos na Ilha”. O evento tem entrada gratuita e será realizado próximo ao Bumbódromo de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), na rua Governador Leopoldo Neves, com início no dia 29 de junho (quinta-feira), ao dia 2 de julho (domingo).

Ao todo, serão 13 atrações musicais que, além da transmissão diária do Festival, vão integrar a programação da festa. O local está localizado ao lado da Rádio Alvorada.

George Japa, John Veiga, Forró Ideal, Antônio Bahia, Banda Estrelas, DJ Layla Abreu, Igor Oliveira e Banda, DJ Marcinho Lira, Banda Só Pagode, Rebecca Grana, Bandas dos Tops e Banda Mikael, estão entre as atrações musicais da festa, que promete ser o maior evento após as apresentações dos bumbás na ilha da magia.

 

De acordo com o presidente da Amazonastur, Gustavo Sampaio, a programação vai ser uma opção para todos com atrações até às 4h da manhã. “Estamos levando para Parintins a melhor estrutura para atender aos turistas e visitantes da ilha. A ideia é dar a melhor experiência possível, dentro e fora do bumbódromo”, disse.

 

Os portões serão abertos a partir das 19h. Com ritmos que vão do tecnobrega ao forró e o pagode, as atrações começam logo após a transmissão da primeira apresentação no Bumbódromo, por volta da 0h. A programação completa pode ser conferida nas redes sociais da @amazonastur e @culturadoam.

 

A intenção do projeto é, além de movimentar a cena cultural e turística, gerar fonte de renda para artistas amazonenses e, principalmente, parintinenses, durante os dias de festival, conforme adiantou o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz.

"O Ritmos na Ilha" é uma ótima oportunidade de apresentar ao público, aos visitantes em Parintins, a musicalidade produzida no Amazonas. É um investimento que o Governo do Estado realiza para a promoção da música amazonense, que vai além do Boi-bumbá, inserindo no circuito do Festival, outros artistas que não estão envolvidos diretamente nas apresentações no Bumbódromo", pontuou o secretário.

 

Itens proibidos

 

A Amazonastur e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa orientam sobre os itens que não são permitidos no evento. Na entrada dos visitantes a segurança vai retirar itens que podem causar acidentes.

 

A proibição acontece em conformidade com a Portaria Conjunta 0001/2015/ – GS/SSP. Abaixo a lista de objetos proibidos, segundo a Portaria de Grandes Eventos do Estado:

 

Armas de fogo;

Armas de arremesso;

Armas brancas;

Armas destinadas a projetar substâncias tóxicas, asfixiantes e corrosivas;

Materiais contundentes ou perfurocontundentes, cortantes ou perfurantes;

Guarda-chuvas com hastes metálicas;

Tubos de bandeiras em material contundente;

Substâncias ou engenhos explosivos ou pirotécnicos;

Tubos em aerossol contendo quaisquer substâncias;

Garrafas, copos, pratos, e quaisquer outros materiais de vidro e alumínio;

Dardos;

Martelos;

Seringas;

Extintores;

Capacetes;

Quaisquer materiais que venham ameaçar a segurança do público presente.


0 comentário

Comments


bottom of page