top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Policiais da DEHS prendem homem envolvido em extorsão mediante sequestro

Vítima foi sequestrada no conjunto Amazonino Mendes (Mutirão), bairro Novo Aleixo, zona norte


Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) prenderam em flagrante, nesta quarta-feira (12/07), Emerson Brito de Farias, 26, envolvido em extorsão mediante sequestro de um homem de 54 anos. O fato ocorreu na terça-feira (11/07), por volta das 7h40, no conjunto Amazonino Mendes (Mutirão), bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus.



Segundo o delegado Danniel Antony, adjunto da DEHS, na ocasião a vítima, que é um trabalhador autônomo, foi abordada em frente à sua casa por quatro homens encapuzados e fortemente armados que o renderam e o colocaram dentro de um veículo Sedan de cor branca.



Posteriormente, os autores ficaram rodando com ele pela cidade, na tentativa de conseguirem algum valor de resgate por familiares e amigos. Inclusive, eles também estavam em posse dos aplicativos bancários da vítima, que chegou a ser agredida fisicamente com chutes, tapas e coronhadas.


“Também tivemos uma segunda vítima, de 36 anos, que foi coagida e transferir R$ 2,8 mil via pix para uma conta bancária, além de mais uma transferência programada no valor de R$ 20 mil. Durante as diligências conseguimos identificar que essa conta pertence a Emerson e também prendê-lo em flagrante”, informou Antony.


Conforme a autoridade policial, a vítima foi liberada nas imediações da comunidade União da Vitória, bairro Tarumã, zona oeste, ainda na terça-feira.



“As diligências seguem para identificar as pessoas responsáveis pelo sequestro efetivo da vítima. Acreditamos se tratar de um grupo criminoso em que há uma divisão de tarefas, em que uma parte é responsável pela parte violenta, já a outra pelo recebimento dos valores”, explicou o delegado.


Procedimentos

Emerson foi autuado em flagrante por extorsão mediante sequestro. Ele será encaminhado à audiência de custódia, e ficará à disposição do Poder Judiciário.

0 comentário

Commentaires


bottom of page