top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Polícia identifica e apreende adolescentes que mantinham perfis de terrorismo na internet em Manaus

Atualizado: 12 de abr. de 2023

Adolescentes identificados nas últimas 24 horas faziam ameaças de ataques a escolas


Nas últimas 24 horas, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) identificou e apreendeu três adolescentes envolvidos na propagação de ameaças de ataques a escolas de Manaus, por meio de perfis de terrorismo na internet. As ações foram coordenadas pela Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Cibernéticos (Dercc), em conjunto com a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

A ação também contou com apoio do Departamento de Inteligência e Polícia Judiciária (DIPJ/PC-AM), da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) e do Núcleo de Inteligência e Segurança Escolar (Nise), implantado pelo Governo do Amazonas na Secretaria de Estado de Educação e Desporto.

De acordo com o delegado Antônio Rondon, titular da Dercc, as investigações iniciaram com o objetivo de identificar os responsáveis pelos perfis que estavam publicando ameaças a instituições de ensino da capital amazonense.


“Os perfis, ao término dos trabalhos investigativos, foram constatados como sendo de três adolescentes, entre 13 e 14 anos. Eles foram conduzidos à Deaai, onde foram apreendidos e poderão, inclusive, ser internados compulsoriamente, a depender da conclusão do procedimento”, disse.

Conforme o delegado, os adolescentes responderão por criação das páginas com dados falsos, pelas ameaças proferidas e por atos de terrorismo. Eles ficarão à disposição do Juizado Infracional.


Rondon reforçou que a Polícia Civil e as demais forças de Segurança Públicas estão vigilantes a todo e qualquer ato delituoso que possa vir a ferir a integridade da sociedade escolar.


“Estamos intensificando as investigações em torno das mensagens que estejam divulgando ameaças de ataques a escolas, para que os autores sejam identificados e devidamente responsabilizados por seus atos”, disse.

O delegado e membro do Nise, Denis Pinho, explicou que o Núcleo está atuando de forma integrada e intensificada com as forças de Segurança para apurar e identificar a autoria das divulgações por meio de perfis na internet.


“Vale ressaltar que a população também tem muita importância neste trabalho. As informações enviadas por meio de denúncias colaboram para que consigamos reprimir este tipo de prática e, consequentemente, para que possamos garantir o bem-estar da sociedade”, disse.


0 comentário

Comments


bottom of page