top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Polícia Civil do Amazonas deflagra ação policial, prende dupla e apreende cerca de 300 quilos de coc

Em menos de uma semana, apreensões do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) geraram um prejuízo de R$ 14 milhões ao crime organizado


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), com apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core-AM), deflagrou, na manhã desta terça-feira (21/03), por volta das 6h, ação policial que resultou na apreensão de, aproximadamente, 300 quilos de cocaína petrificada. O prejuízo ao crime organizado está avaliado em R$ 8,5 milhões.

No momento da abordagem, Marcelo Queiroz de Araújo, 41, e Rodrigo Moura Silva, 36, foram presos em flagrante. O material estava armazenado em uma residência situada no bairro Coroado, zona leste.

Durante coletiva de imprensa, realizada na sede da Delegacia Geral (DG), situada na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona oeste, o delegado-geral adjunto Guilherme Torres, destacou que em menos de duas semanas, a PC-AM já desencadeou grandes operações que resultaram em um prejuízo de aproximadamente R$20 milhões ao crime organizado.


“As ações foram coordenadas pelo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e pelo próprio Denarc. Neste caso, foram apreendidos esses entorpecentes oriundos de uma organização sediada na Colômbia. Estas drogas têm as mesmas características das duas toneladas apreendidas pelo Exército Brasileiro, na região do Rio Japurá. A PC-AM segue firme no combate ao crime organizado, na repressão ao tráfico de drogas e garantindo a segurança pública”, ressaltou.

O delegado-geral adjunto relembra que esta é a segunda grande apreensão de drogas, realizada pelos policiais civis do Denarc, em menos de uma semana. Na terça-feira (14/03), o Denarc apreendeu 400 quilos de maconha tipo Skunk, prendeu cinco pessoas, e apreendeu um adolescente. Somando neste período, cerca de 700 quilos de entorpecentes foram apreendidos pelo Departamento, resultando um prejuízo de R$ 14 milhões ao crime organizado.


Ação policial

De acordo com o delegado Rodrigo Torres, diretor do Denarc, as equipes já investigavam os criminosos há cerca de uma semana, após o recebimento de denúncias anônimas, informando que dois veículos, um caminhão baú e um Chevrolet, cor vermelha, estariam transportando o material naquela localidade.


“De imediato, nós passamos a realizar diligências no local, onde percebemos essa movimentação atípica durante a madrugada, de um caminhão baú e um carro que ia na frente fazendo a cobertura, para ver se o caminho estava tranquilo. Na manhã desta terça, Marcelo e Rodrigo saíram e, quando retornaram, fizemos a abordagem, encontrando o material ilícito em posse deles, o que gerou a prisão em flagrante dos indivíduos”, explicou.


Ainda segundo o diretor, além das drogas, foram apreendidas munições, balança de precisão e uma máquina de prensa.

O delegado Juan Valério, coordenador da Core-AM, salientou que o grupo atuou de forma operacional tática, dando apoio às equipes do Denarc, gerando um resultado significativo para segurança pública, em favor do bem-estar social.

Procedimentos

Marcelo e Rodrigo responderão por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse irregular de munição de uso restrito e ficarão à disposição do Poder Judiciário.

0 comentário

Comments


bottom of page