top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Piscicultor adquire aeradores para alavancar produção em Barreirinha

Com subsídio do Governo do Amazonas, o equipamento é disponibilizado por meio de edital de doação onerosa da ADS 

  

O Governo do Amazonas, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), entregou seis aeradores do tipo chafariz para piscicultura adquiridos, por meio de doação onerosa, por um produtor do município de Barreirinha (a 331 quilômetros de Manaus). Essa é a primeira aquisição da cidade, por meio do edital disponibilizado aos piscicultores devidamente credenciados.  

Os equipamentos adquiridos pelo piscicultor Edinaldo Soares são monofásicos do tipo 1,5 cv na cor amarela e podem ser adquiridos pelos produtores de todo o Amazonas por preços subsidiados em até 80%. Também são disponibilizados aeradores trifásicos do tipo 1,5 cv na cor azul. O credenciamento, conduzido pela Comissão Interna de Licitação da ADS, iniciou no ano de 2022 e ainda está vigente.  

  

O chefe do Departamento de Negócios Agropecuário e Pesqueiro da ADS, Edson Luniere, conta que o investimento tem como objetivo fortalecer a produção de pescado no Estado por intermédio da piscicultura, reduzindo a pressão sobre os estoques naturais de determinadas espécies. “Os aeradores são uma tecnologia que garante a melhoria da qualidade da atividade do piscicultor e possibilita o aumento da produção dos peixes em um mesmo viveiro, sem a necessidade de aumentar o espaço já utilizado”, diz.  

  

Edinaldo Soares destaca que a utilização dos aeradores na criação dos peixes está garantindo uma atividade mais segura e produtiva. Ele reforça, ainda, que o retorno do investimento será muito mais rápido, uma vez que conta com subsídio do governo.  

  

“É mais uma tecnologia que muito está contribuindo para o desenvolvimento da minha piscicultura. Os aeradores têm sido uma coisa fantástica, porque antes eu tinha muita dificuldade para oxigenação, mesmo sendo orientado tecnicamente, eu sabia que estava faltando algo”, disse.  

  

Tecnologia 

  

Os aeradores são um equipamento responsável por incorporar o oxigênio na água e quebrar a barreira de temperatura. Processo que ocorre entre o fundo e a superfície dos tanques utilizados nas atividades de piscicultura. Dessa forma, ocorre uma melhora na uniformidade das espécies cultivadas, que conseguem crescer com mais facilidade.   

  

A maior produtividade, a partir da utilização dos aeradores, se deve ao aumento da circulação de oxigênio nos tanques de piscicultura. Durante à noite, reduz a quantidade de oxigênio no viveiro de forma natural, porém os peixes continuam consumindo. Portanto, o equipamento vai gerar fluxo de oxigênio na água e, consequentemente, gera bem-estar ao animal.  

  

Doações onerosas 

  

Por meio da ADS, foram habilitados, em 2023, mais de 1,3 mil produtores rurais em editais de doação onerosa da instituição, o que possibilita a aquisição dos mais de 170 mil materiais e serviços disponíveis, como aeradores para piscicultura, embalagens, caixas para criação de abelhas, gelo e máquinas de fabricação de vassouras, com investimento de R$ 5,4 milhões.   

  

Em 100 dias, mais de 52 mil itens já foram entregues a 66 produtores credenciados. Os editais continuam abertos.  

0 comentário

Comments


bottom of page