Buscar
  • Adauto Silva

PC investiga caso da mãe que tentou vender filho recém-nascido. Mulher não mais procurou a criança



O Recém-nascidos (RC), no domingo, 08/05, dia das mães, em via pública da cidade de Manacapuru, que foi encaminhado ao abrigo do município após ter sido abandonado pela mãe no hospital Lázaro Reis, voltou àquela unidade de saúde nesta quarta-feira, para fazer os exames do pezinho e orelhinha e ser avaliado por um pediatra.



Segundo o conselho Tutelar RC está bem de saúde e segue recebendo acompanhamento médico. Depois dos exames a criança retornou ao abrigo onde deve ficar até a manifestação do Ministério Público em relação à sua guarda.



RC após nascer em via pública, foi encaminhado ao Hospital e passou a receber atendimento médico, porém, a mãe do bebê, que tem problemas de dependência química, após tentar vender RC por R$ 400 reais, se evadiu do hospital abandonado a criança.



Segundo o conselheiro Tutelar Elivon Lira que atendeu a ocorrência e acompanha o caso, a mãe não mais procurou a criança. O caso foi encaminhado ao Ministério Público, que deve opinar sobre a guarta da criança, que segue longe da mãe e no abrigo.


Ainda segundo Elivon, foi feito um boletim de ocorrência do caso e a Polícia Civil de Manacapuru irá investigar a conduta da Mãe, que teria oferecido a guarda do filho por R$ 400 reais para pessoas que estavam no hospital.



Nós vamos seguir acompanhando o caso e informando o desenrolar do destino do Recém-nascidos abandonado pela mãe, após ter sua suposta venda frustrada.


O que disse a mãe?

Veja o caso da suposta tentativa de venda do BB


https://www.ajknoticias.com/post/melhor-eu-vender-meu-filho-por-400-reais-que-vocês-levarem-ele-de-graça-disse-a-mãe-desalmada


0 comentário