top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Parque do Mindu foi palco de Gincana do Saeb para alunos da rede estadual de ensino

Em preparação para a avaliação nacional, os estudantes fizeram uma caça ao tesouro envolvendo perguntas e respostas


Para se preparar para a prova do Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb) 2023, os alunos do 5°ano do Ensino Fundamental, da Escola Estadual Senador Flávio da Costa Brito, no bairro Compensa, zona oeste, participaram de uma gincana no Parque Municipal do Mindu, zona centro-sul de Manaus.

Com o objetivo de estimular os alunos de forma dinâmica e lúdica, uma caça ao tesouro com perguntas e respostas foi realizada. O ambiente arborizado uniu aprendizado e diversão. Os estudantes responderam questões relacionadas a gêneros textuais, enquanto desvendavam as trilhas do parque.

Além desta ação, para preparar os alunos para a prova do Saeb, a unidade de ensino também organizou simulados e promove atividades escolares todos os sábados. A gestora da escola, Mirian Jéssica Lima, explicou que a gincana foi organizada com o objetivo de estimulá-los fora da sala de aula. 


"Nossa escola tem a tradição de inovar nesse tipo de atividade. Então, nós fizemos essa (gincana) pensando em trazê-los para um ambiente mais arejado , que os tirasse do cotidiano de sala de aula, porque eles já participam do projeto “Aulão do Saeb” todos os sábados”, explicou a gestora.


A Gincana


A gincana realizada no Parque do Mindu faz parte de um projeto dividido em três partes: “Trilhas do Saeb”, “Jumanji” e “Caça de Tesouro", chamado “Trilhas do Saeb”, voltadas para as disciplinas de português e matemática. 


A gincana “Trilhas”, que aconteceu no Parque do Mindu, foi uma dinâmica realizada em um ambiente natural e arejado, como sugere o nome, em que os alunos participam de uma competição com o objetivo de avaliar o aprendizado.

A próxima etapa do projeto, a “Jumanji”, ainda está em fase de definição do local. A última será a caça ao tesouro. A turma que atingir mais pontos receberá um prêmio final de escolher um local para o passeio dos vencedores.


O estudante, Daniel Victor, de 10 anos, gostou bastante da ideia da escola realizar uma atividade fora do cotidiano.

"Foi muito legal. A gente se divertiu bastante aprendendo sobre os gêneros textuais dentro das trilhas. Foi muito bacana e eu me diverti muito”.

0 comentário

Comentários


bottom of page