top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Parintins 2023: Governo do Amazonas reforça serviço de proteção às mulheres no festival

Sejusc e Polícia Militar tiveram capacitação para abordagens humanizadas

 

O direito e proteção das mulheres está no leque de ações do Governo do Amazonas para o 56º Festival Folclórico de Parintins. Servidores das secretarias de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e Segurança Pública (SSP-AM) foram capacitados para reforçarem as ações no período.

O foco da Sejusc é fortalecer a rede de proteção da mulher, para isso, foram alinhadas as ações com os Centro de Acolhimento Social, órgãos de justiça e a Polícia Militar, responsável pela Ronda Maria da Penha. 

Giselle Postal, gerente de Políticas para Mulheres da Sejusc, explica que esse diálogo entre os órgãos faz com que as mulheres tenham um atendimento completo, quando necessário.

 

“A Sejusc está compondo a rede de apoio aqui no Festival de Parintins, trazendo informações, trazendo à rede aqui de Parintins todo o protocolo de atendimento, fluxo de atendimento. Estamos alinhando as nossas ações no período do festival para que as mulheres tenham seus direitos assegurados”, frisa a gerente. 

A coordenadora da Ronda Maria da Penha, tenente Viviane Farias, contou que 60 policiais militares foram formados e vão atuar no atendimento, envolvendo ocorrência de violência doméstica a mulher. 

 

“Do total, 10 vão atuar como ronda Maria da Penha no município, fiscalizando medidas protetivas, encaminhamento dessas mulheres à rede de proteção e fazendo o atendimento mais humanizado, que a lei requer”, destaca a tenente.

 

Denúncias de violências de qualquer natureza contra mulheres podem ser feitas ao 190, que a viatura mais próxima será direcionada para a ocorrência. 


0 comentário

Commentaires


bottom of page