top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Operação Tamoiotatá 3: Agentes de fiscalização aplicam mais de R$1 milhão em multas

Operação, realizada na segunda-feira (1º/05), visa combater crimes ambientais no estado do Amazonas

 

Agentes de fiscalização do efetivo integrado da operação Tamoiotatá 3, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e integrada por órgãos ambientais e da Segurança Pública, aplicaram nesta segunda-feira (1º/05) dois autos de infração com uma multa no valor de R$ 1.679.144,68.

As sanções foram aplicadas pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), após encontrarem em uma propriedade aproximadamente 44M³ de madeira retirada ilegalmente no município de Apuí (a 453 quilômetros de Manaus).

Segundo o relatório, foram encontrados em uma propriedade, na BR-230, cerca de 44M³ de madeira serrada, retirada ilegalmente durante as fiscalizações da equipe. Na ação, os responsáveis pela propriedade não foram encontrados, mas após verificação eles foram identificados e os autos de infração foram aplicados.


O total da área embargada pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM) foi de 335 hectares. O efetivo integrado chegou a percorrer 140 Km até chegar na área denunciada, para aplicação dos autos de infração e embargos.


Integração

A operação Tamoiotatá 3 é uma ação coordenada pela SSP-AM realizada de forma integrada com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), com o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), além de órgãos federais de Segurança e Fiscalização.

As equipes foram deslocadas para o cumprimento da operação, no último dia 30 de março. As ações foram iniciadas em Humaitá e Apuí, e estão sendo realizadas em todo o sul do Amazonas no combate às queimadas e outros crimes contra o meio ambiente.


1ª Fase

Durante a 1ª fase da operação Tamoitatá 3, nos municípios de Humaitá e Apuí, 32 alvos foram fiscalizados, resultando em 8.344,108 hectares de áreas embargadas, 15 autos de infração e R$ 30.898.015,13 de multas aplicadas.


0 comentário

Comments


bottom of page