top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Operação Shamar: homem é preso por tentativa de feminicídio e descumprimento de medida protetiva

Vítima é ex-companheira do suspeito, que não aceitava o término do relacionamento


Policiais civis da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), cumpriram, nesta terça-feira (22/08), por volta das 9h30, mandado de prisão preventiva de um homem, 32, por tentativa de feminicídio e descumprimento de medida protetiva contra sua ex-companheira, de 21 anos. A prisão ocorreu no bairro Itaúna 2, naquele município.



A ação ocorreu no âmbito da Operação Shamar, coordenada nacionalmente pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), para fortalecer o combate à violência familiar doméstica e ao feminicídio.



De acordo com o delegado Adilson da Cunha, que está respondendo interinamente pela unidade policial, a vítima possuía uma medida protetiva contra o indivíduo desde junho deste ano, quando procurou à delegacia para solicitar a ordem judicial em seu favor.



“Ela relatou que o ex-companheiro não aceitava o término do relacionamento deles que durou cinco anos, e por isso, passou a agredi-la fisicamente, motivo pelo qual ela procurou à delegacia”, explicou Cunha.



Segundo a autoridade policial, a ordem judicial foi deferida pela Justiça, mas o homem não cumpria a medida e reiteradamente ia à casa da mãe da vítima, a ameaçar de morte sempre munido com uma arma branca.



“Já na madrugada do dia 13 de agosto, por volta das 2h, a jovem estava em um clube de festas quando o homem chegou ao local e a puxou pelo braço, mas ela resistiu, ele então desferiu uma facada em suas costas. Ela foi socorrida e passou por atendimento médico”, relatou Adilson da Cunha.


Com base nesta ocorrência, foi representada à Justiça pela prisão preventiva do indivíduo, e a ordem judicial foi decretada no sábado (19/08). Nesta terça-feira, ele foi localizado e preso em sua residência no bairro Itaúna 2.


Procedimentos

O suspeito responderá por tentativa de feminicídio e descumprimento de medidas protetivas. Ele passará por audiência de custódia e ficará à disposição do Poder Judiciário.

0 comentário

コメント


bottom of page