top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Não se faz mais festa como outrora em Tabatinga e Eirunepé. Na fronteira sai Wesley, entra Guto Lima



Ministério Público do Amazonas (MPAM), pela Promotoria de Justiça de Eirunepé, está investigando a origem dos recursos utilizados na contratação dos shows da cantora Joelma e da banda Barões da Pisadinha, para apresentação, respectivamente, nos dias 03 e 04/10, na festa de aniversário da cidade. O Inquérito Civil (n. 2022/0000072726.01PROM_EIR) foi instaurado com base em denúncia encaminhada à Ouvidoria-Geral do MPAM, apontando suposta irregularidade nos contratos firmados pela Prefeitura com a empresa Top Hits Music LTDA – EPP, ao custo total de R$ 710 mil. O contrato da cantora paraense custou R$ 230 mil, enquanto o da banda custou R$ 480 mil.




Em Tabatinga foi acordado redução do valor a ser gasto com Shows


Já em Tabatinga a assinatura de um Termo de Ajuste de Conduta entre a Prefeitura do Município e o Ministério Público, resultou na redução dos valores a serem gastos na contratação de atrações musicais para o VIII Festival das Tribos do Alto Solimões.


 

Neste Fim de Semana tem Festival de Cirandas em Manacapuru



 

O valor de R$ 700 mil reais que seria gasto na contratação do show de Wesley Safadão, caiu para o valor máximo de R$ 300 mil.



Para resolver o impasse na contratação de atração Nacional, foi cancelado o show de WS e contratado para a festa os shows dos cantores Guto Lima e Launa Prado.



Vale ressaltar que Guto Lima é uma das princípios atrações musicais do estado e Launa Prado é atração Nacional.



0 comentário

Comments


bottom of page