Buscar
  • Adauto Silva

MPU》Duas crianças foram baleadas durante confusão na zona rural que resultou em dois homens mortos



Na noite desta sexta-feira, 10/09, durante uma confusão entre membros de duas comunidades rurais de Manacapuru, que resultou na morte de dois homens com golpes de terçados, duas crianças de 3 anos foram baleadas.

Durante a invasão à comunidade Jaiteua de Cima, onde o autor do primeiro homicídio estava escondido, um tiro foi disparado rumo a uma casa ferindo duas crianças que estavam dormindo no local. Um menino de três anos teve o braço atravessado pelo projétil que atingiu a perna de outra criança também de três anos. A bala ficou alojada na perna da menina.

As duas crianças foram levadas para o hospital de Manacapuru e de lá foram encaminhadas para o hospital da criança em Manaus.

Uma equipe de policiais Civis e Militares foi agora pela manhã à comunidade para investigar as mortes e trazer o segundo corpo, que segundo moradores é de Emerson Silva, autor do primeiro homicídio que está sendo velado por parentes na comunidade.



O crime

A comunidade Jaiteua de Cima, localizada no rio Solimões, zona Rural de Manacapuru, foi palco nesta sexta-feira, 01/09, de duplo homicídio, tendo como vítimas Emerson Silva e Denilson Siqueira, mortos à golpes de terçado.

Emerson Silva, um dos mortos, teria ido até a comunidade vizinha para beber e por lá se desentendeu e matou Denilson Siqueira, morador da comunidade com golpes da terçado. Após o crime ele teria voltado para sua comunidade e se escondido na casa de um tio.



Revoltados com o crime, pessoas da comunidade vizinha foram atrás do homicida; quando chegaram na comunidade descobriram o local onde Emerson estava escondido e ameaçaram incendiar a casa. Com medo o homicida pulou a janela e fugiu correndo para o mato.



Os justiceiros viram a fuga, correram atrás de Emerson e o mataram a golpes de terçados.

Os crimes ocorreram durante a tarde. Por volta das 14 horas, após uma desavença que ainda não teve o motivo identificado, Emerson Silva, matou Denilson Siqueira com sete terçadadas.


Segundo moradores o crime supostamente pode estar relacionado ao uso de drogas.

Revoltados por mais uma perversidade do morador que se achava o tal e aprontava direto na comunidade, parentes do jovem morto e comunitários mataram Emerson da mesma forma que ele matou Denilson, a golpes de terçados.


Ainda segundo moradores Emerson já tinha passagens pela polícia, já cumpriu pena por estupro e usava tornozeleira eletrônica.

Moradores reclamam que a droga tem sido a causa de muitos problemas na comunidade, segundo eles o tráfico e consumo de drogas envolveu pessoas e muitos passaram a causar problemas na comunidade.


"Nossa comunidade depois que a droga apareceu por aqui virou um inferno. Parece uma terra sem lei. De vez em quando ocorrem esses crimes e nada é feito. Os marginais aqui deitam e rolam causando problemas pra os comunitários", relatou uma moradora que preferiu não se identificar, com medo de represálias.


Já outro morador reclamou da falta de segurança. "Aqui o pessoal apronta porque fica por isso mesmo, não tem polícia e pra vir aqui somente depois que os crimes acontecem, como ocorreu hoje", relatou.

0 comentário