Buscar
  • Adauto Silva

MPU》Assalto à loteria: mais um envolvido é preso e PC segue as buscas pelos outros membros do grupo

Polícia Civil de Manacapuru identifica envolvidos no assalto a Lotérica Leão, dois foram presos hoje


Em mais um trabalho de investigação da Polícia Civil de Manacapuru, um membro da quadrilha que assaltou a Casa Lotérica Leão, em Manacapuru, no dia 24 de junho deste ano, foi preso. A PC segue as investigações para prender os outros membros da quadrilha, já identificados por imagens de câmeras de segurança que registraram a ação dos bandidos.


Nesta quarta-feira, 28/07, Luan Rodrigues Lopes (26) foi preso em Manaus e Eleunilson dos Santos Oliveira (27), teve mandado cumprido dentro do Puraquequara.



Na manhã desta quarta-feira (28), a equipe policial da Delegacia de Manacapuru prendeu outro envolvido, trata-se de Luan Rodrigues Lopes (26), que também é apontado como um dos autores do crime em Manacapuru. Luan, foi preso em Manaus, o detalhe que durante a ação policial que resultou na prisão, foi encontrado em posse do mesmo, várias porções de droga e uma quantia de 350 reais.




O ASSALTO À LOTÉRICA O dia, era 14 de maio de 2021, por volta de 17:30h, o crime, assalto aos proprietários da Lotérica Leão, localizada na Boulvevard Pedro Rates, centro de Manacapuru. Toda ação criminosa foi flagrada por câmeras do estabelecimento, e de comércios das proximidades.

As imagens, mostram a frieza do bando ao praticar o crime, eles aguardam uma pessoa chegar no veículo, e quando ela entra, eles abordam, para cometer o assalto e disparam várias vezes em direção ao veículo. (veja vídeo)

Nesse outro angulo, além de mostrar o crime, as câmeras mostram a agonia das pessoas que passam pelo local ao perceber o assalto e os disparos de arma de fogo. (Veja)

E foram essas imagens que ajudaram a Polícia Civil de Manacapuru, a identificar todos os envolvidos nesse crime, ao todo, seis pessoas participaram da ação criminosa. Antes de cometer o assalto, um membro do bando, ficou por dois dias no local, observando a dinâmica e a rotina dos proprietários da lotérica, foi ele quem repassou as informações para o bando sobre o melhor horário para a ação criminosa. No dia do crime, um carro e uma motocicleta foram usados para dar fuga aos executores do assalto, os veículos também foram identificados após o trabalho de investigação da equipe da Polícia Civil de Manacapuru, que de posse das informações, foi solicitado da justiça a prisão preventiva dos envolvidos. "Desde o dia do crime, a equipe de investigadores de Manacapuru iniciaram os trabalhos no intuito de realizar a prisão dos envolvidos nessa tentativa de assalto, ao todo são seis envolvidos nesse crime, tem o mentor intelectual, aquele que emprestou a moto, emprestou arma e os executores de fato, na ocasião eles não conseguiram subtrair nenhum valor das vítimas, teve ainda disparo de fogo contra as vítimas, graças as Deus eles não foram atingidos, então, representamos junto ao poder judiciário pela prisão preventiva de todos eles, bem como da busca e apreensão". Ressaltou o Delegado Rodrigo Torres Publicidade

Dois mandados já foram cumpridos, um contra Eleunilson dos Santos Oliveira (27), o detalhe que Eleunilson, já estava preso após ser flagrado em posse de arma de fogo e munição em Manaus, supostamente para cometer assalto, o mandado de prisão foi cumprido dentro de uma Unidade Prisional de Manaus. Agora, Eleunilson vai responder também por roubo qualificado. FORAGIDOS

A Polícia Civil ainda segue a procura de outros envolvidos no roubo da lotérica, quatro pessoas são consideradas foragidas. 1. Marcio Leno dos Santos Tenório (24), vulgo Marcelo - 2. Luan Mateus Silva da Silva (19), vulgo Lacoste - 3. Saulo Marreiro Maciel (22), vulgo Da Nike e 4. Joniely dos Santos Tenório (30), vulgo Doidinho. "Nós solicitamos aí da população, quem souber a localização desses quatro foragidos, que possa fazer contato conosco, através do nosso disque-denúncia 99212-4563, ressaltamos que sua identidade será mantida em sigilo e realizaremos diligências no intuito de tentar prender esses quatro criminosos". Finalizou Torres

0 comentário