Buscar
  • Adauto Silva

MPU》Após 13 dias o corpo de Iramar Moutinho é liberado pelo IML e será sepultado hoje



O corpo do aposentado Iramar Gonçalvez Moutinho (69), foi liberado pelo Instituto Médico Legal nesta segunda-feira, 08/03, e segundo familiares será sepultado na tarde de hoje, em Manaus em um jazigo da família.


O corpo que foi vítima de latrocínio no dia 24 de fevereiro ficou por 13 dias no IML para exames de identificação e de causa da morte.



Em comunicado à nossa reportagem um filho da vítimas repassou a informação:


Hoje às 15 horas vamos sepultar o Papai. Somente hoje o IML liberou o corpo, não vai haver velório, vamos seguir do IML, para a funerária, depois para o cemitério. Somente 5 pessoas vão acompanhar o sepultamento devido ao covid.


Relembre o Caso

Vizinhos do aposentado Iramar Gonçalvez Moutinho (69), tentavam apagar as chamas que teriam iniciado em um dos cômodos da casa, quando foram surpreendidos, ao encontrarem no cômodo ao lado o corpo do aposentado com as mãos e pernas amarradas, com saco na cabeça e com partes do corpo parcialmente queimadas.



O crime barbaro ocorreu na quarta-feira (24/03). Iramar Gonçalvez Moutinho (69), foi assassinado com requintes de crueldade, na Rua Senador Fábio Lucena (Antiga Rua 11), Bairro da Liberdade.



O servidor público aposentado do Ministério do Trabalho, completaria no próximo dia 08 de março, 70 anos. De acordo com os policiais militares que atenderam a ocorrência, a vítima teve as pernas e braços amarrados, foi encontrado com um saco plástico na cabeça e um profundo corte no pescoço, além disso, a casa onde o crime ocorreu foi parcialmente incendiada.



Segundo relatos de vizinhos, eles notaram a fumaça, e resolveram arrobar as portas que estavam trancada para poder conter as chamas.



“Nós vimos a fumaça, e aí se juntou os vizinhos e alguns mototaxistas, a gente conseguiu arrombar o portão, e a porta da frente, que estavam trancados, lá dentro as chamas já tomavam conta de um quarto, todo mundo se junto com balde para tentar apagar o fogo, quando o incêndio começou a invadir outro quatro, que também estava trancado, o pessoal arrombou e foi nesse segundo quarto que foi encontrado o corpo”. Relatou um vizinho.


O Corpo de Bombeiros foi acionado, assim com a Policia Militar que isolou a área. Investigadores da Policia Civil, estiveram no local para realizar a remoção do cadáver para o necrotério do Cemitério de Manacapuru, de onde seguirá para o IML.



De acordo com a Polícia Civil, os procedimentos de investigação seguem para tentar elucidar esse crime, bem como prender os suspeitos pelo cometimento e buscar a motivação.


0 comentário