top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Morre mais um mito da política amazonense, aos 83 anos, Amazonino Mendes escreveu sua última página

Amazonino Armando Mendes foi um advogado, empresário e político brasileiro. Foi prefeito de Manaus e governador do Estado do Amazonas.



Amazonino estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o natal. Ele disputou sua última eleição em outubro de 2022, quando tentou voltar ao cargo de governador pela quinta vez.


Natural do município de Eirunepé, Amazonino Mendes tinha 83 anos de idade. Em sua longa carreira política foi Senador da República, prefeito de Manaus por três mandatos e quatro vezes governador do Estado.

Amazonino Armando Mendes, Amazonino, Negão, como também era chamado no mundo político, é considerado o segundo maior nome da política amazonense, ficando atrás somente de Gilberto Mestrinho, seu padrinho político. Gilberto e Amazonino somam juntos o maior cartel de mandatos políticos de governador e senador do Amazonas.


O governo do estado emitiu nota de pesar


NOTA DE PESAR

O Governo do Amazonas lamenta, com profundo pesar, a morte do ex-governador Amazonino Armando Mendes. O experiente político amazonense faleceu neste domingo (12/02), vítima de complicações de saúde, em São Paulo, onde estava internado.


Em grande respeito à história política de Amazonino Mendes, o governador Wilson Lima decretou luto de 7 dias no Estado do Amazonas. As bandeiras de todas as repartições públicas ficarão hasteadas a meio mastro.


“Eu devo muito do que hoje sou ao ex-governador Amazonino Mendes. Entrei para a política fazendo críticas e buscando, em grande parte das vezes, sempre ser um contraponto ao que ele e seu grupo político foram e representaram para o nosso Estado. Mas uma coisa é inegável: Amazonino foi um dos maiores líderes políticos da história do Amazonas”, afirmou Wilson Lima nas redes sociais.


Para o governador, Amazonino “nasceu predestinado a amar esta terra, trazendo o Amazonas no nome e no coração”. E fica para sempre na memória do povo amazonense a “imagem do homem alegre, carismático, que abraçava e acolhia”.


Natural do município de Eirunepé, Amazonino Mendes tinha 83 anos de idade. Em sua longa carreira política foi Senador da República, prefeito de Manaus por três mandatos e quatro vezes governador do Estado.


O Governo do Amazonas se solidariza com a família e amigos neste momento de dor, e reconhece a importante contribuição que Amazonino Mendes deu ao estado, entrando definitivamente para a história do Amazonas.

0 comentário

Comments


bottom of page