top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

“Meu filho vai poder brincar sem a preocupação da água levar nossa casa”, desabafa ex-morador

Atualizado: 5 de mai. de 2023

Um total de 103 famílias foram beneficiadas na nova etapa do programa Amazonas Meu Lar


“Meu filho é autista e hoje ele vai poder brincar no espaço dele sem preocupação de se cortar, sem preocupação da água levar a nossa casa”. A afirmação é do motorista Moisés Silva, 40, ex-morador da Comunidade Manaus 2000, região que foi beneficiada com o programa Amazonas Meu Lar, do Governo do Amazonas que, nesta sexta-feira (05/05), reassentou 103 famílias de áreas de risco da capital amazonense.

“É uma mistura de pensamentos. Ontem mesmo eu já fui visitar a casa. Hoje eu estou muito feliz em saber que vou ter uma moradia digna, principalmente para o meu filho. Obrigado ao Senhor Jesus Cristo por ter proporcionado uma moradia melhor para a minha família e dizer obrigado ao estado, que hoje está concretizando esse sonho”, acrescentou Moisés que morava há 27 anos no local.

A dona de casa Lucélia Cardoso, 56, que há 30 anos morava na Comunidade Manaus 2000, falou da felicidade de estar realizando o sonho de ter a casa própria. “Hoje está sendo um dos melhores dias porque eu tenho certeza que não vou mais passar a cena que eu estava passando naquele lugar que alega. Estou muito feliz porque sei que a partir de hoje eu vou ter a minha casa própria. Aguentei por quase 30 anos nesse lugar e agora estou feliz”, disse emocionada.


As 103 famílias reassentadas fazem parte das comunidades da Sharp e Manaus 2000 e receberam diferentes tipos de soluções de moradia, entre elas, indenização, bônus moradia, auxílio moradia ou fundo de comércio. Com as entregas de hoje, o Governo do Amazonas alcança 594 famílias retiradas das duas áreas de risco e reassentadas


"É mais um passo importante que o Governo do Estado do Amazonas avança na parte de reassentamento dessas famílias que residem nas áreas de risco. O governador Wilson Lima determinou que este fosse o último inverno que essas famílias iriam passar lá, e Suhab tem executado isso, ao lado de UGPE, e de demais secretarias que trabalham em conjunto para aceleramos esse passo”, esclareceu o titular da Superintendência de Habitação (Suhab), Jivago Castro.


Os recursos destinados para a nova ação de reassentamento ultrapassam os R$ 8,5 milhões e também fazem parte do Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+), executado pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE).

“No aspecto social é a fase fundamental porque é o momento em que a gente tira as famílias da condição de vulnerabilidade, coloca elas na condição de moradia mesmo, de reposição patrimonial melhor para que a obra possa ser executada”, ressaltou Viviane Dutra, subcoordenadora social da UGPE.

O Amazonas Meu Lar foi lançado no mês de abril e vai oferecer mais de 22 mil soluções de moradia no estado ao longo dos próximos anos.


0 comentário

Commentaires


bottom of page