Buscar
  • Adauto Silva

Luto na Literatura Amazonense: Morre aos 95 anos o escritor Thiago de Melo

O Amazonas é a literatura Brasileira perdeu nesta sexta-feira, o escritor e poeta Thiago de Melo. O amazonense completaria 96 anos em 30 de março.



O escritor passava por problemas de saúde desde o ano de 2021, a família ainda não divulgou a causa da morte, mas a idade e a doença foram um dos fatores.


Amadeu Thiago de Mello foi um grande poeta e tradutor brasileiro. Ele foi um dos poetas mais influentes e respeitados no país, reconhecido como um ícone da literatura amazonense. Thiago teve obras traduzidas para mais de trinta idiomas.


Poema de Thiago de Melo


“Fica decretado que agora vale a verdade,/ que agora vale a vida, / e de mãos dadas, / marcharemos todos pela vida verdadeira”.



Dentre as obras mais conhecidas de Thiago de Melo estão: Faz escuro mas eu canto (1965), A canção do amor armado (1966), Poesia comprometida com a minha e a tua vida (1975), Os estatutos do homem (1977) e Mormaço da floresta (1984). Em 1975, o livro Poesia comprometida com a minha e a tua vida foi premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte. Essa premiação possibilitou que o escritor fosse reconhecido internacionalmente como um intelectual engajado na luta pelos direitos humanos.


0 comentário