Buscar
  • Adauto Silva

Los Hermanos aprovam direito de mulher decidir sobre aborto


Em sessão que durou 12 horas e acabou na madrugada desta quarta-feira, 30/12, o senador argentino aprovou com 38 votos a favor e 29 contra, o direito a mulher decidir sobre o aborto até a 14 semanas de gestação.



Ativistas comemoraram o direito que só era dado à gestante em caso de estupro ou risco de morte para a mãe.



Com o aval do Senado, a Argentina se torna o 1°

grande pais da região a legalizar interrupção da gravidez. O procedimento já ocorre no Uruguai, nas Guianas, Cuba, Porto Rico, na cidade do México e no estado mexicano de Oaxaca.

Veja mais em: https://folha.com/76r8z0q5

0 comentário