top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Inscrições para Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas seguem abertas até junho

Na última edição, alunos da rede pública estadual conquistaram 3 medalhas de ouro na competição


Escolas da rede pública de ensino do Amazonas têm até o dia 5 de junho para inscrever alunos do ensino Fundamental e Médio na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP) 2023. Organizada pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), a prova é realizada desde 2010 e é destinada a estudantes de escolas públicas municipais, estaduais e federais.

Para participar, cada escola interessada precisa, primeiramente, definir um representante que será o responsável pelo processo de inscrição junto à organização da OBFEP. O representante preencherá o formulário de inscrição, disponível por meio do link https://bit.ly/inscricoesOBFEP2023. A prova é destinada exclusivamente a estudantes do Ensino Médio e do 9º ano, do Ensino Fundamental. 

Nesta primeira fase da OBFEP, cada escola indicará, no processo de credenciamento, apenas o número total de alunos, que efetivamente farão a prova em cada ano/série. Não haverá inscrição individual por aluno. 


“A OBFEP é uma prova que estimula a capacidade do aluno em buscar conhecimento na área de Ciências da Natureza, o que auxilia no preparo do mesmo para vestibulares e certames públicos que dão acesso ao ensino superior. O certame também trabalha com os alunos do 9º ano”, apontou a coordenadora de Ensino Médio, da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, Lúcia Andrade. 


Calendário 


A OBFEP 2023 ocorrerá em duas fases. As provas da primeira etapa ocorrerão, nas escolas credenciadas, no dia 15 de agosto, enquanto que o gabarito deste primeiro certame será divulgado até o dia 18 do mesmo mês. 


Até o dia 31 de agosto, a comissão organizadora da OBFEP divulgará o número mínimo de acertos necessários para que o estudante se classifique para a 2ª fase, juntamente com a lista de alunos classificados para a segunda etapa. A relação dos discentes aprovados será encaminhada para os coordenadores e representantes das escolas. 

As provas da 2ª fase estão marcadas para o dia 18 de novembro e o resultado final da Olimpíada será divulgado até o dia 7 de fevereiro de 2024. Ao final do processo, os estudantes que tiverem as melhores classificações irão receber Bolsas de Iniciação Científica Júnior, sob a tutela do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Também são premiados alunos, escolas e professores participantes..


Conteúdo Programático 


As provas da OBFEP estão divididas em três níveis (A, B e C).  O nível A, para estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental, conta com os seguintes assuntos: Álgebra Fundamental (inclui resolução de equações do 1º e 2º graus); Geometria Plana (cálculo de área); Noções de Geometria Espacial (cálculo de volume); Noções Básicas de Gravitação; Conceitos Básicos de Cinemática; Leis de Newton;  Conceito de Energia;  Medidas de Tempo, Espaço e Temperatura. 


Para o nível B, destinado aos alunos de 1ª e 2ª série do Ensino Médio, os assuntos previstos no conteúdo programático são: Mecânica Clássica; Termofísica e  Óptica Geométrica.


O conteúdo programático do nível C, destinado aos finalistas do Ensino Médio, conta com os tópicos do nível B, com o acréscimo dos seguintes itens: Oscilações e Ondas; Eletricidade; Magnetismo;  Noções Básicas de Física Moderna e Contemporânea. A visualização completa do conteúdo programático pode ser realizada por meio do link https://bit.ly/conteudoprogramaticoOBFEP

Na última edição da OBFEP, em 2022, os alunos da rede pública estadual conquistaram três medalhas de ouro nas provas. A rede estadual de ensino também foi responsável por duas menções honrosas destinadas a professores.   

0 comentário

Comentarios


bottom of page