top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Idam completa 27 anos neste sábado e celebra as conquistas dos produtores rurais do Amazonas

Instituto cumpre a missão de levar serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural a todo estado

 

Neste sábado (18/03), o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), completa 27 anos cumprindo a missão de levar serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) aos produtores rurais de todo o estado. Com slogan “Onde tem Idam, tem produção rural”, o órgão, integrante do Sistema Sepror, fomenta iniciativas que geram emprego e renda nas comunidades mais distantes do Amazonas, tendo o compromisso de manter a Floresta Amazônica preservada.  

 

Presente nos 62 municípios do Amazonas, por meio de 66 Unidades Locais (UnLocs) e 7 Postos Avançados de Atendimento, o Idam apoia o Setor Primário, com ênfase na agricultura familiar e nos pequenos e médios produtores, com serviços de emissão de Cartão do Produtor Primário, Cadastro Ambiental Rural, Capacitação, Associativismo e Cooperativismo, entre outros.

 

“Temos servidores em todos os municípios do estado do Amazonas, que tem dimensões gigantes e grande potencial para o desenvolvimento da agricultura, pecuária, piscicultura, pesca, extrativismo e outros. Quero agradecer e parabenizar cada extensionista que cumpre o papel de apoiar o produtor rural. Nós sempre afirmamos que onde tem Idam, tem produção rural porque esse é o compromisso do nosso Instituto há 27 anos”, enfatizou o diretor-presidente do Idam, Daniel Borges.

 

ATER nas comunidades

A produtora rural Isaura Batista da Silva, 60, uma das beneficiadas pelo trabalho de ATER do Idam no Ramal Frederico Veiga, em Manaus, possui três tanques de piscicultura, além de criação de galinhas de postura e muitas árvores frutíferas. Ela atribui ao Instituto o sucesso alcançado nas atividades.

 

“Começamos aqui na agricultura, e há seis anos estamos na piscicultura. O primeiro órgão que nos ajudou foi Idam, fiz cursos para aprender o manejo, a quantidade de ração, porque eu dava demais e o custo era muito alto, mas o certo é dar pela pesagem do peixe, aprendi no curso e isso fez a gente crescer”, explicou a produtora que recebe orientações e visitas regulares dos técnicos do Idam.

 

Na comunidade Frederico Veiga, na BR-174, o Idam implantou uma Unidade Demonstrativa de Avicultura na propriedade dos produtores Joana Teixeira Santos, 56, e Francisco Silva Santos, 66, que já veem os resultados positivos da parceria com o Instituto para crescimento da granja da família.

 

“Nós tivemos muitas melhorias na qualidade dos ovos que vendemos, agora criamos as galinhas no cercado, no início nos ajudaram com a ração também e até hoje quando tem algum problema a gente chama o técnico, quando chega um novo lote vem o veterinário acompanhar a vacinação, tudo é acompanhado”, ressaltou o avicultor.  

 

História do Idam

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Estado do Amazonas – IDAM, foi criado em 18 de março de 1996, por meio da Lei Estadual n° 2.384, como uma autarquia de personalidade jurídica de direito público, autonomia administrativa, financeira e técnica com a finalidade de executar as atividades antes desenvolvidas pela Sepror, EMATER/AM, Codeagro e a Defesa Agropecuária Estadual.

 

Em maio de 2007 absorveu parte das atividades da Agência de Florestas e Negócios Sustentáveis do Amazonas – Afloram, e o nome foi alterado para Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas, permanecendo a mesma sigla: IDAM.

0 comentário

Comments


bottom of page