top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Governo do Estado leva Ilumina+ Amazonas para Silves e Itapiranga

Programa, que substitui lâmpadas comuns por LED, começa a ser implantado nesta terça-feira (14/03), nos dois municípios

 

A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Estado inicia, nesta terça-feira (14/03), a implantação do programa Ilumina+ Amazonas em Itapiranga (a 227 quilômetros de Manaus) e Silves (a 204 quilômetros). O programa substitui as lâmpadas convencionais, a vapor de mercúrio e metálico, de sódio e mistas, usadas na iluminação pública do interior, por LED, que ilumina mais com menor consumo de energia.

 

Segundo o coordenador executivo da UGPE, Marcellus Campêlo, Itapiranga terá 1.232 pontos iluminados com LED na zona urbana, enquanto em Silves serão 889, dos quais 149 serão instalados em cinco comunidades rurais –  Cristo Rei, Igarapé Açu, São João, Livramento e Vida. 

 

Marcellus Campêlo destaca que, contando com as duas cidades, são 31 municípios já beneficiados com LED no Amazonas e 39 comunidades rurais. O programa, lançado em maio do ano passado, vai alcançar a marca de quase 57 mil luminárias de LED instaladas.

 

“O governador Wilson Lima escolheu Silves e Itapiranga para anunciar a continuidade do programa. Hoje, estão sendo embarcados os materiais e, amanhã, eles começam a ser instalados para, em dez dias, os municípios estarem totalmente iluminados”, disse Marcellus Campêlo.

 

A substituição, conforme explica, traz inúmeros benefícios, tanto para a população, quanto para as prefeituras. “Os estudos mostram que o LED pode ser até 60% mais econômico. A iluminação tem maior durabilidade, no caso, o município vai necessitar fazer menos manutenção ao longo do tempo, além de influenciar de forma indireta a economia do município, porque os comerciantes conseguem ficar de portas abertas e os ambulantes podem trabalhar até mais tarde nas ruas do município”, enfatizou.

 

Além disso, o programa representa um ganho significativo de luminosidade e mais eficiência energética. Reduzindo custos, com maior duração, reduzindo emissão de carbono, não emitindo raios ultravioletas e não tendo metais pesados, como mercúrio, na composição.

 

O material para realização do serviço nos dois municípios saiu de Manaus nesta segunda-feira (13/03), com início dos trabalhos previsto para amanhã.

0 comentário

Hozzászólások


bottom of page