top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Governo do Amazonas paga data-base aos profissionais da educação da rede estadual de ensino

Valores serão depositados na sexta-feira (30/06) para mais 33.168 profissionais da educação

 

O Governo do Amazonas, dando continuidade aos acordos firmados com os profissionais da Educação, paga na sexta-feira (30/6) os valores referentes ao reajuste de 8% da data-base dos 33.168 profissionais da rede estadual de ensino. A nova folha de pagamento já foi processada pela Secretaria de Estado de Administração (Sead).

O anúncio do reajuste para a categoria foi feito em entrevista coletiva à imprensa, na sede do Governo do Amazonas, no dia 1º de junho. Além do reajuste da data-base, o Governo do Estado também aumentou em 18,42% o valor do auxílio-transporte dos servidores da educação, saindo de R$ 167,20 para R$ 198, já na folha de pagamento de junho. 

De acordo com a secretária de Estado de Educação e Desporto Escolar, Kuka Chaves, com o reajuste da data-base, o Governo do Amazonas, a movimentação econômica será na ordem de R$ 2,128 bilhões/ano.

 

“Nos últimos quatro anos, profissionais da educação obtiveram aumento de 23,5%, elevação também no auxílio alimentação, no auxílio transporte, o pagamento de até R$ 69,9 mil de abono do Fundeb, fruto da atenção e dos investimentos que o governador Wilson Lima tem destinado à educação, o que impulsiona diretamente a economia do Amazonas; e, principalmente, resulta na valorização dos nossos educadores e na melhoria do processo de ensino e aprendizagem de nossos alunos”, disse Kuka.

 

Evolução do piso salarial

 

Com o reajuste da data-base, o piso salarial dos professores de jornada de 40 horas sai de R$ 4.749,22 para R$ 5.129,16. O valor pago no Amazonas, que atualmente já é superior ao piso nacional (R$ 4.420,55), vai ficar 16,03% maior que o piso pago no país. Somente em retroativo, os servidores 40h receberão, em junho, R$ 1.519,76.

Para o professor 40h, em início de carreira, que atualmente recebe R$ 5.416,42, somados vencimento e auxílios alimentação e transporte, a nova remuneração com os benefícios passará a R$5.827,16 com o reajuste anunciado pelo governador Wilson Lima.


0 comentário

Comments


bottom of page