top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Governo do Amazonas entrega 7,2mil pacotes de absorventes para alunas da rede pública

As entregas ocorreram no ginásio da Escola Estadual Getúlio Vargas

 

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), entregou, nesta sexta-feira (12/05), 7.256 pacotes de absorventes para meninas e mulheres que frequentam a rede pública de ensino do município de Beruri. Os pacotes vão atender mais de 1,8 mil alunas da região, com idades entre 12 e 18 anos. Além disso, durante o evento, mais de 80 mulheres empreendedoras foram contempladas pelo programa Crédito Rosa.

A entrega dos absorventes faz parte do programa Dignidade Menstrual, lançado em 2021 pelo Governo do Amazonas, e que envolve as secretarias de Assistência Social e de Educação e Desporto. As entregas ocorreram no ginásio da Escola Estadual Getúlio Vargas.

O combate à Pobreza Menstrual é uma das prioridades e um feito histórico na administração do governador Wilson Lima, que determinou o empenho do seu secretariado na criação de programas com objetivo de minimizar esse problema social que afeta, principalmente, as meninas que menstruam oriundas de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

 

“Estamos em Beruri realizando esta entrega de mais de 7 mil absorventes para meninas e mulheres estudantes da cidade. É uma ação extremamente importante para essas jovens e para o Governo do Amazonas. Ao todo, 1,8 mil adolescentes estão sendo atendidas em todo o município”, afirmou o secretário executivo da Seas, Anderson Souza.

A adolescente Raiane Silva, de 14 anos, aluna do 9º ano da rede pública de ensino, destacou a importância do programa Dignidade Menstrual para ela e para todas as outras jovens de Beruri. “É uma ação muito boa para as adolescentes da minha idade, porque tem várias pessoas que não têm e nós mulheres precisamos”, afirmou Raiane. 

 

Crédito Rosa

No mesmo dia, o programa Crédito Rosa, realizado por meio de parceria entre a Seas e a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), contemplou mais 80 mulheres empreendedoras, que realizaram cadastro a fim de obter financiamento para seus negócios. Com isso, Beruri é a cidade do Amazonas com o maior número de contempladas até agora.

 

Trabalhando com confecção de roupas, a empreendedora Luiza Cristina Marques, de 36 anos, foi contemplada com 10 mil pelo Crédito Rosa. Para ela, o programa dá às mulheres a possibilidade de mudança e perspectivas de um futuro melhor.

“Eu sou microempreendedora e iniciei com muito pouco. Mas, hoje, eu tenho a possibilidade de um futuro melhor. Eu vejo que o programa Crédito Rosa vem para dar esse poder para a gente, mostrar para as mulheres que elas podem, que elas têm liberdade de escolher de trabalhar com o que elas gostam”, ressaltou Luiza.

 

O programa atende a capital e o interior do estado, e até o momento, já atendeu 31 municípios, incluindo Manaus. O total de recursos liberados até março de 2023 somou R$ 2.393.668,23. Os financiamentos variam de R$ 500 a R$ 21 mil, conforme análise de crédito da solicitante.

0 comentário

Comentários


bottom of page