top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Governo do Amazonas atende mais de 200 famílias em ação de cidadania na comunidade da Sharp

Ação auxilia famílias afetadas pelas chuvas em março 

 

Dando continuidade às ações de cidadania e bem-estar, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) realizou, nesta quinta-feira (06/04), a emissão de primeiras e segundas vias do Registro Geral (RG) para a comunidade da Sharp, na zona leste de Manaus. As famílias foram afetadas pelas chuvas, no final de março, na capital.

No local, as famílias da comunidade e dos bairros adjacentes foram auxiliadas, ainda, com o encaminhamento para segunda via da Certidão de Nascimento, a fim de que os beneficiados possam, dentre outras coisas, dar entrada nos auxílios dos governos estadual e federal.

 

A estimativa é que mais de 200 famílias incluídas no programa Bolsa Moradia Transitória, da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), sejam atendidas na ação. 

 

Jussara Pedrosa, secretária titular da Sejusc, enfatizou a necessidade dos serviços para esse público. 

 

“Muitos perderam todas suas documentações básicas com as chuvas, e com essa ação têm a oportunidade de recuperar sua identificação como cidadão e garantir outros serviços de importância no dia a dia”, disse a secretária. 

 

Uma das famílias foi a de Regiane dos Santos, de 36 anos. Ela, mãe de Michel Santana, de 15, trouxe o filho para tirar o RG após a perda do documento.

 

“Sem a identidade ele não pode trabalhar, e essa é a vontade dele, estudar e trabalhar logo para ser bem sucedido. Então, com a ação, ele poderá conseguir o RG para ir atrás do seu foco” comentou Regiane. 

 

Futuro 

Afetados pela chuva, a família de João de Jesus, de 18 anos, perdeu sua propriedade e documentações no incidente.  Ele e sua irmã, Estefanny de Jesus, vieram para a ação para emitir suas segundas vias do RG para continuar os estudos de Direito, na faculdade Nilton Lins, zona sul de Manaus. 

 

“Minha documentação estava na casa da minha irmã quando desmoronou, então nós perdemos tudo. Nós viemos para tirar nosso RG, pois é necessário, é importante para que possa continuar os estudos, para me locomover, agendar coisas na faculdade”, reforçou João. 

0 comentário

Σχόλια


bottom of page