top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Febre do Mayaro e Oropouche: Manacapuru está entre os municípios que apresentam casos da doença

Atualizado: 10 de jan.


Manacapuru esta entre os quatro municípios do estado que registraram casos de febre do Mayaro e Oropouche



Entre dezembro até o dia 4 se janeiro o Amazonas registrou quase 200 casos da febre do Mayaro e Oropouche, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

A febre do Mayaro e a febre Oropouche são causadas por vírus com o mesmo nome que identificam as doenças.

Os sintomas das duas febres são parecidos com arboviroses, como a dengue e a chikungunya. Não há registro de transmissão de uma pessoa para outra diretamente nos dois tipos de febres, segundo a FVS-AM.


O Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen-AM), integrante da FVS-RCP, detectou, no período de dezembro de 2023 até quinta-feira (04/01), 199 casos de febre oropouche.



DOS 199 casos, 94,9% (189) são de Manaus, 2,5% (5) de Presidente Figueiredo, 1% (2) de Maués, 1% (2) de Tefé e 0,5% (1) de Manacapuru.


Nesse período sazonal das arboviroses no Amazonas, que coincide com o período chuvoso no estado, a nota técnica inclui orientações para as vigilâncias em saúde municipais, destacando cenário epidemiológico, sintomas, transmissão, diagnóstico, cadastro de amostras, tratamento, além de medidas de prevenção e controle dessas duas febres.



A febre Oropouche, é uma arbovirose, transmitida pelo mosquito Culicoides paraensis, também conhecido como maruim. Outros vetores também podem transmitir o vírus oropouche. Os hospedeiros do vírus são primatas e bichos-preguiça.




0 comentário

コメント


bottom of page