top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

FCecon alerta para importância da doação de sangue à paciente com câncer

Pacientes que passam por radioterapia, quimioterapia e cirurgias de médio e grande portes são os que mais precisam de bolsas de sangue

 

Em alusão ao Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado nesta quarta-feira (14/06), a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), alerta para importância da doação de sangue para o tratamento do paciente com câncer, que passa por grandes cirurgias, quimioterapia e radioterapia.

A FCecon é uma das unidades de saúde do Amazonas que mais precisa de bolsas de sangue. O hospital realiza cerca de 7.690 transfusões sanguíneas ao ano, o que corresponde a uma média de 641 bolsas de sangue por mês para grandes cirurgias, pacientes que realizam quimioterapia e radioterapia.

As bolsas de sangue são repassadas pela Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) ao Banco de Sangue/FCecon. No setor, elas são cuidadosamente classificadas em seus grupos sanguíneos ABO e RH e acondicionadas em suas temperaturas específicas para atender centenas de pacientes. 

 

De acordo com o gerente do Banco de Sangue/FCecon, farmacêutico-bioquímico Kleber Brasil, o câncer destrói as células sanguíneas do organismo do paciente. De forma semelhante, segundo ele, a quimioterapia e a radioterapia podem reduzir a quantidade de células sanguíneas. “Muitos pacientes em tratamento contra o câncer necessitam de transfusão sanguínea”, frisa.  

 

Terapia

 

A terapêutica utilizada pelo médico, explica Brasil, é a hemoterapia para a correção de anemias, reposição de células sanguíneas, bem como para manter normal a coagulação sanguínea do paciente oncológico. “Ele passa por avaliação médica que poderá definir ou não a necessidade de transfusão sanguínea”, pontua.

 

Transfusão

 

Conforme a gerente do Centro Cirúrgico, enfermeira Graça Gondim Albuquerque, o setor é o que mais demanda por bolsas de sangue no hospital. Ela informa que, diariamente, são realizadas 20 cirurgias entre procedimentos de médio e grande portes.

“A transfusão pode ocorrer tanto para o paciente que está na Emergência, que chega com sangramento e precisa fazer uma reposição de células sanguíneas, quanto para o paciente em quimioterapia ou paciente cirúrgico, que é a nossa maior demanda”, diz Albuquerque. 

 

Qualidade e segurança

 

Para garantir o armazenamento correto dos hemocomponentes utilizados, a FCecon dispõe de uma cadeia de frios moderna, onde são acondicionadas as bolsas de sangue, seguindo criteriosos protocolos de segurança.

 

Os equipamentos são dotados de tecnologia de monitoramento que registra todo o histórico do aparelho, desde a instalação até mudanças de temperatura ou picos de energia, se houver. Os freezers também têm alarme, que dispara caso haja uma variação fora do padrão programado de temperatura.

 

Doação

 

Qualquer pessoa com boa saúde, com idade entre 18 e 69 anos, e peso a partir de 50 quilos pode doar sangue. É preciso procurar o Hemoam, localizado na avenida Constantino Nery, 4.397, bairro Chapada, de segunda a sábado, das 7h às 18h. A doação pode ser agendada pelos números (92) 3655-0166 ou 98431-9920 (WhatsApp).

O candidato à doação deve estar bem alimentado e munido de documento de identidade. Jovens de 16 e 17 anos podem doar com autorização formal do responsável ou representante legal.

0 comentário

Comments


bottom of page