Buscar
  • Adauto Silva

Falta de Oxigênio e 7 óbitos nas últimas 24 horas: A realidade do Hospital de Campanha de Manacapuru



O Hospital de Campanha de Manacapuru enfrenta nesta quinta-feira, 14/01, mais uma vez, o sinal vermelho para o estoque de oxigênio.

Com estoque previsto para acabar ainda pela manhã, o Hospital recebeu hoje 33 cilindros de O². Segundo o secretário de Saúde de Manacapuru, Rodrigo Balbi, a situação é realmente crítica.


"Hoje mais uma vez conseguimos amenizar a situação da falta de oxigênio com a chegada de 33 novos cilindros e a previsão é da chegada de mais 12 cilindros , mas preocupa porque não tem oxigênio pra vender no estado e o nosso Hospital tá sendo abastecido diariamente, isso pode falhar a qualquer momento.

____________________________

Continua após a publicidade



Estamos buscando todos os meios possíveis junto aos governos do Estado e Federal, mas a situação é difícil pra todos. O prefeito municipal está buscando a compra aos fornecedores do estado, mas até agora não tem conseguido êxito", destacou o secretário.



Com o aumento do número de internados, o município mais que dobrou seu consumo de oxigênio em 24 horas. Atualmente o consumo é de 1800m³ a cada 24 horas. No período de pico na primeira etapa da pandemia, o consumo era de 750m³ a cada 24 horas.

"Estamos buscando todos os meios possíveis pra receber o problema da falta de oxigênio e esperamos em Deus uma resposta para esse problema, que é um dos mais preocupantes no tratamento da covid-19 hoje no Amazonas", concluiu o secretário.



O Hospital de Campanha de Manacapuru que tinha 32 leitos, teve o número de leitos ampliado para 37 na semana passada e hoje atende 42 pacientes.


Na manhã desta quinta-feira o prefeito Beto D'angelo falou sobre a situação do município em relação a essa segunda onda da pandemia em Manacapuru

Hoje o HC de MPU tem 41 pacientes internados e o Hospitalar Geral Lázaro Reis, abriga mais cinco pacientes com covid.



Nos últimos 3 dias cerca de 16 pacientes receberam alta, dando espaço para novos infectados.

Com 4831 casos confimados e 185 obitos pela doença, de acordo com o boletim da FVS, Manacapuru é o 7° em número de casos e 1° em óbitos no interior do Estado.



Nos 13 primeiros dias deste ano foram registrados 253 casos de covid com 13 óbitos, mas vale lembrar que esse número já foi alterado, pois 7 óbitos foram registrados nas últimas 24 hora.

0 comentário