top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Estudantes desenvolvem protótipos de carrinhos de brinquedo e óculos 3D em projeto fomentado pelo AM

O projeto, apoiado pelo Fapeam, alcançou diferentes turmas de escola estadual da zona norte de Manaus


Um projeto estudantil confeccionou protótipos de óculos 3D com o uso de garrafas PET. Os alunos participantes da ação também construíram um barco e carrinhos de brinquedo, a partir da reutilização de materiais eletrônicos que estavam em desuso ou que seriam descartados. Apoiada pelo Governo do Estado, a iniciativa, batizada de “Robótica Sustentável”, foi fomentada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), via Programa Ciência na Escola (PCE).  

Mais de 100 alunos foram alcançados pelo projeto, realizado na Escola Estadual Letício de Campos Dantas, localizada na zona norte de Manaus. 

De acordo com a professora de ciências e coordenadora do projeto, Ingrid de Moura, os alunos trouxeram de casa diversos materiais considerados lixos eletrônicos, entre os quais, baterias, controles, fios, além de garrafas PET e papelão.  

“Os estudantes integraram as atividades e participaram da montagem dos protótipos. Então, foi legal por isso. Eles viram um motivo a mais para estar na sala de aula. A ação acabou despertando o interesse deles pela tecnologia”, informou.

Protótipos

Entre os exemplares produzidos estão carrinhos confeccionados a partir de equipamentos retirados de aparelho DVD e computador.  Além disso, dez óculos 3D foram elaborados, com o uso de garrafas PET e água, pelos próprios alunos, todos do 7º Ano do Ensino Fundamental.  


A ação introduziu conceitos de robótica, possibilitou a compreensão de como funciona os mais diversos mecanismos envolvidos na construção de um protótipo, permitiu que os estudantes reutilizassem materiais para fins pedagógicos e despertou o interesse dos alunos para adquirir conhecimento.   


Apoio Fapeam

A professora celebrou o apoio da Fapeam para desenvolver o projeto, que, segundo ela, faz significativa diferença na vida dos educandos.  

O projeto foi realizado no segundo semestre do ano letivo de 2022, e contou com o apoio da Fapeam via PCE. 


O Programa Ciência na Escola é uma ação da Fapeam direcionada à participação de professores e estudantes de escolas públicas estaduais e municipais em projetos de pesquisa científica e de inovação tecnológica.


A iniciativa é realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc-AM) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed Manaus). 


O PCE apoia a participação de professores e estudantes do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, da 1ª à 3ª série do ensino médio e suas modalidades: educação de jovens e adultos, educação escolar indígena, atendimento educacional específico e Projeto Avançar, em projetos de pesquisa desenvolvidos em escolas públicas estaduais e municipais.


Em 2023, o programa bateu recorde de inscrições com um total de 2.213 projetos submetidos por professores da educação básica da capital e de mais 43 municípios do Amazonas. Um crescimento de 22% em relação ao ano de 2022, que apresentou 1.811 propostas.  


Manaus, Itacoatiara, Manacapuru, Parintins, Tefé, Humaitá, Coari, Borba, Iranduba, Barreirinha e Itapiranga são os municípios com maior quantidade de propostas submetidas, neste ano.

0 comentário

Comments


bottom of page