top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Estudante amazonense vence Campeonato Brasileiro de Xadrez e conquista vaga para o mundial na Itália

Suan Fernandes, do Ceti Elisa Bessa, foi campeão no torneio "Absoluto", na categoria sub-14

 

O estudante Suan Bruno Fernandes Lira, do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Elisa Bessa Freire, na zona leste de Manaus, foi campeão no torneio "Absoluto", categoria sub-14, do Campeonato Brasileiro de Xadrez, que aconteceu em Natal, Rio Grande do Norte e contou com atletas de todo o país. Esta é a primeira vez, em 55 anos de competição, que um aluno da rede estadual do Amazonas conquista o feito nacional neste torneio.

Com o feito, o atleta foi selecionado para competir no Mundial da Juventude de Xadrez, que acontecerá na cidade de Montesilvano, em Pescara, na Itália, de 12 a 25 de novembro. Além do 1º lugar, o atleta teve destaque nos torneios de xadrez denominados "Pensado", no "Blitz" e também no "Rápido",  levando assim, a 1ª, a 4ª e a 8ª melhor colocação na competição, respectivamente. 

Suan contou que está muito feliz em representar o Amazonas e que vem treinando bastante para trazer um título do mundial ao Estado. “Eu tenho um sentimento de responsabilidade, pois vou representar não só o Amazonas, como também o Brasil. Logo, vou estudar muito durante esses seis meses até o mundial, para que eu tenha uma boa classificação na disputa”, disse o estudante. 


De acordo com o professor da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar, Andrey Neves, mestre da Federação Internacional de Xadrez e um dos treinadores da comitiva do Amazonas, o trabalho para levar esses estudantes aos pódios do Brasil iniciou há dois anos, com projetos voltados para o esporte. 


“Desenvolvemos projetos de olho nos campeonatos de xadrez e, desde o início, focamos em levar esses enxadristas a competições regionais e nacionais. Estávamos decididos a treinar jovens que se destacaram no xadrez. Um exemplo é o jovem Suan que estará na Itália, no mundial”, relatou o treinador.

De acordo com o assessor de Educação Física da Coordenadoria Distrital de Educação 5 Jorge Lelis, o jovem alcançou um feito inédito, com o apoio do Governo do Amazonas e da Secretaria de Educação.  


“Coube a um estudante da zona leste de Manaus conquistar um feito tão aguardado pelos atletas do xadrez, pois a atual gestão tem se preocupado em subsidiar talentos, não só como o do Suan, mas de muitos outros jovens que jamais imaginariam chegar tão longe, por meio do esporte”, pontuou Lelis. 


Mais conquistas 


A comitiva amazonense de xadrez trouxe, ainda, outras medalhas. No torneio “Blitz”, a estudante Cibelly Libório, da Escola Estadual (EE) Áurea Pinheiro Braga, localizada no bairro Gilberto Mestrinho, zona leste, conquistou a 3ª colocação no Campeonato Brasileiro de Xadrez, na categoria sub-18.


Na mesma modalidade, o estudante Williams Soares, da EE Jairo da Silva Rocha, alcançou a 10ª posição. Vale ressaltar que a Confederação Brasileira de Xadrez -CBX, premia do 1° ao 10° lugar. 


Além disso, a estudante Cibelly Libório foi destaque no torneio “Pensado”, com a 5ª colocação e no torneio “Rápido”, ficando em 8º lugar. 


“Eu estou muito feliz, pois, nesse torneio, superei todos os meus resultados já obtidos em competições a nível nacional e, assim, conquistei o meu primeiro pódio. Esse troféu eu dedico a todos que acompanham a minha jornada. Estou muito feliz por estar levando o nome do nosso Amazonas aos pódios”, contou a estudante. 

Competindo desde 2016, Cibelly conheceu o xadrez na própria escola. Hoje, depois de dezenas de campeonatos disputados e mais de 40 medalhas conquistadas, junto de colegas e o corpo docente da escola, lidera uma iniciativa que ensina o esporte para outros alunos da Áurea Pinheiro Braga. 

0 comentário

Comments


bottom of page