top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Escola e PM agem preventivamente e detectam aluno de 16 anos com faca na mochila em Novo Airão


Escola e Polícia Militar agiram preventivamente e detectam aluno de 16 anos com faca na mochila escolar. Adolescente teria alertado no grupo da escola que o massacre iria ocorrer.


"Pois é rapaziada, amanhã é o massacre na escola em".


"Vocês sabem se eles vão revistar a bolsa da gente na escola amanhã".


Áudio acelerado para não identificar a voz do menor



A direção da escola detectou o problema e acionou a polícia para que investigasse a denúncia. Segundo o comandante do 6°GPM de Novo Airão, tenente Marinho, a polícia tentou localizar a casa do adolescente mas não foi identificado o local. Nesta quarta-feira a polícia se fez presente na escola e após revista na mochila do aluno foi encontrada uma faca.

O adolescente foi conduzido pela polícia e conselho tutelar para prestar esclarecimentos. Em depoimento ele assumiu ser o autor dos áudio, mas disse que ouviu falar que iria ocorrer o massacre na escola e somente avisou os colegas.



Quanto a faca ele disse que levou o objeto para se defender, caso ocorresse o suposto massacre.

Segundo o comandante desde o ataque à uma escola ocorrido na capital a PM já vem visitando escolas da sede do município e que além das rondas externas nos horários de entrada e saída dos alunos, a polícia Militar irar fazer palestras nas escolas, para debater e orientar os alunos quanto a questões dessa natureza.



O fato foi tornado público através de publicações de pessoas que presenciaram o aluno sendo conduzido para esclarecimentos


Acabou de sair um aluno aqui da escola escoltado pela polícia e conselho tutelar, estava armado e com uma lista com nomes de professores e alunos que iria matar.

Isso foi no Danilo

Acabou de acontecer

Os alunos todos no ginásio


 

Após a divulgação do fato em uma rede social, a escola teria se pronunciado em nota negando o ocorrido


Bom dia!

Srs Pais e Responsáveis, com o objetivo de esclarecimento, a presença tanto da guarda municipal, quando da PM em nossa escola se dá para que tenhamos um local mais seguro para alunos e servidores. Reforço que nada de anormal ocorreu hoje na escola a palestra com o Comandante da Guarda municipal já estava agendada.

Para qualquer dúvida por favor venham a escola.

Grato Gestor Júlio Higino


Procurado por nossa reportagem o gestor da escola Júlio Higino, disse que no prineiro momento a intenção foi de não causar tumulto e assustar os pais, já que os demais alunos estavam na escola em suas atividades normais. Na conversa o gestor confirmou as ações e medidas tomadas pela direção da escola com apoio da Polícia Militar.


 

A Coordenadora das Escolas Estaduais de Novo Airão, professoras Neliane Pinheiro, nos relatou que a escola tomou todas as medidas cabíveis ao caso e que a Coordenação de Educação está acompanhado e tomando todas as medidas orientadas pelo NISE - Núcleo de Inteligência da Segurança Escolar da Seduc.


Repercussão nas redes sociais após a escola negar o fato


Eu acho que eles tentam abafar o caso por que cada vez que mostram a realidade outros jovem acaba vendo não como alerta mais como um incentivo pra eles fazerem o mesmo ...mais infelizmente acho que deve ser mostrado e os pais conversarem com seus filhos em casa

 

Verdade. Cobram tanto nossa parte como pais que tem que fazer isso é aquilo , eles lá atuam errado.

 

0 comentário

Comentarios


bottom of page