top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Escola da rede estadual inicia preparação para o Saeb por meio de simulado

Com 40 questões objetivas, a prova é dividida entre as matérias de Língua Portuguesa e Matemática


Pelo menos 200 estudantes da Escola Estadual Maria Amélia do Espírito Santo, localizada no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus, participaram, nesta quarta-feira (15/03), do início do cronograma de simulados de preparação para o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). A partir de agora, a prova será aplicada duas vezes por mês, até o final de outubro, quando ocorre o Saeb. 

 

Para a abertura das atividades voltadas ao exame, a unidade de ensino realizou ainda, a apresentação da identidade visual que será utilizada na mobilização e a abordagem que será utilizada durante o ano. Além disso, a escola homenageou os estudantes aprovados no vestibular com entrega de certificados e medalhas. 

 

Principal indicador do Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb), o Saeb é uma prova de extrema relevância para as unidades escolares da Secretaria de Estado de Educação e Desporto. Nos últimos anos, o Ideb da E.E. Maria Amélia cresceu de 4.9 para 5.4, e o objetivo, segundo a gestora da unidade escolar, Elisângela Guedes, é continuar em evolução. 

 

“Nosso trabalho tem envolvido toda a comunidade escolar. Pais, responsáveis, alunos, servidores, professores. Estamos todos com o mesmo objetivo, que vem de um planejamento realizado por muitas mãos. Tenho certeza de que teremos bons resultados.” 

 

Sobre o simulado

As avaliações são compostas por 40 questões objetivas, divididas entre as matérias de Língua Portuguesa e Matemática. Com assuntos variados, a prova também serve de preparação para os vestibulares de ingresso à universidade, como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com a professora de Língua Portuguesa da instituição, Priscilla Jovino, a prova multifuncional faz parte do planejamento do corpo docente. 

 

“Acabamos tendo soluções para duas demandas com apenas uma iniciativa. Quando os alunos perceberam que nossas provas de preparação para o Saeb tinham os mesmos descritores dos principais vestibulares, o entendimento ficou mais fácil. Eles são os principais beneficiados com isso.” 

 

Corpo discente 

As ações de mobilização para o Saeb vêm movimentando também os discentes da E.E. Maria Amélia. A competição por melhores resultados motiva os estudantes, é o que explica Maria Juçara, de 16 anos, e aluna finalista do colégio. 

 

“Na minha turma, a competição está tornando a preparação para o Saeb muito dinâmica. Isso está despertando o interesse dos alunos, que estão aproveitando também para criar grupos de estudos. No final das contas, a experiência não é só de preparação, mas também de união.” 

 

Nos últimos dois anos, mais de 250 alunos da E.E. Maria Amélia, obtiveram aprovações nas universidades públicas por meio dos vestibulares. O número pode ser ainda maior, tendo em vista que os resultados dos finalistas de 2022, do Processo Seletivo Contínuo (PSC), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), ainda serão divulgados em maio deste ano. 

0 comentário

Comentários


bottom of page