Buscar
  • Adauto Silva

Empresário tenta se defender de estupro e se condena mais ainda. 'Eu Paguei R$ 100, em troca do ato"


Microempresário de 40 anos foi preso pela Polícia Civil de Manacapuru em cumprimento a mandado de prisão preventiva.



O homem conheceu uma jovem de 16 anos, marcaram encontro e no dia, sem combinar nada previamente ele a levou para um motel.



Chegando no local foi tomar banho e ela não quis, deixando claro que não queria manter relações sexuais naquele momento. Ao sair do banheiro ele a empurrou pra cama e praticou conjunção carnal e anal com a jovem.



Em seu interrogatório ele nega a prática de estupro e diz que pagou R$ 100,00 em troca do ato. Nesse contexto ele também responde pelo crime de exploração sexual.


Após ser preso o homem negou o crime de estupro e disse ter pago à jovem R$ 100, pelo sexo, o que motivou mais uma condenação ao suspeito.


Delegada Roberta Merly, titular da Delegacia Especializa de Manacapuru, falou sobre o crime e prisão do suspeito.


0 comentário