Buscar
  • Adauto Silva

Emprego: Descentralização do Sine vai levar oportunidades de empregos pra mais perto do trabalhador

Wilson Lima divulga balanço com 27 mil vagas ofertadas pelo Sine Amazonas e anuncia ampliação de serviços em 2023


Descentralização dos trabalhos vai levar Sine para mais bairros de Manaus e municípios do interior


Ao divulgar balanço que aponta 27 mil vagas ofertadas por meio do Sine Amazonas, em menos de quatro anos de gestão, o governador Wilson Lima anunciou, nesta terça-feira (08/11), a ampliação do acesso aos serviços do Sistema, por meio de um trabalho de descentralização do órgão que será feito a partir de 2023. Os serviços serão levados para mais perto da população por meio de Ônibus Itinerante de atendimento.


O governador explicou que a proposta é disponibilizar uma unidade móvel em bairros da capital e municípios do interior.

“A gente está ampliando nossa estrutura para os próximos anos. Vamos ter uma unidade móvel para chegar àquelas regiões em que muitas vezes as pessoas não têm acesso a esse serviço. Inclusive no interior, como é o caso de Humaitá, no sul do Amazonas, que tem um potencial para atividades produtivas como a pecuária e a plantação de grãos”, detalhou o governador.


Outra ação de descentralização dos serviços, que ficarão mais próximos do cidadão, é a implantação de novos postos de atendimento do Sine dentro de unidades do Pronto de Atendimento ao Cidadão (PACs), prevista para ocorrer a partir do próximo ano.


Wilson Lima visitou o Sine Amazonas, conversou com trabalhadores e entregou a alguns candidatos encaminhamentos ao mercado de trabalho. Ele destacou ainda o simbolismo da visita, principalmente pela proximidade do final do ano.

“É um momento simbólico, a gente está se aproximando do final do ano, é quando surgem as vagas temporárias. Esse é um ano em que a gente tem, além do Natal e do Réveillon, Copa do Mundo; vamos ter um incremento de empregos temporários. É importante para quem está à procura de um primeiro emprego, para ter a oportunidade de conseguir um emprego fixo”, acrescentou o governador.


Quem estava no Sine em busca de um emprego falou sobre a importância da oportunidade que estava sendo ofertada. “Esperei quase cinco anos por um emprego na indústria. Acho muito bonito o trabalho. Vai ser um momento inesquecível, creio que agora eu vou conseguir”, disse Aldineia Santos, 37, que recebeu do governador encaminhamento para entrevista de emprego em uma empresa do Distrito Industrial.

*Setores*

O comércio, o setor de serviços e a indústria juntos somam mais de 6,5 mil profissionais alocados no mercado de trabalho. Essas áreas são as que mais contribuíram para o crescimento de vagas de 2019 a outubro de 2022 no Amazonas.

“Os lojistas estão preparados para gerar 5,5 mil empregos, vamos ultrapassar em 37% o ano passado. Temos um aumento no 13º salário pelo número de pessoas que estão sendo empregadas do ano passado até este ano. Com isso, o resultado das vendas vai ser muito bom”, apontou Ralph Assayag, presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL).

*Balanço*

Mais de 38 mil profissionais foram encaminhados para o preenchimento das vagas ofertadas. Além disso, segundo o governador, mais de 1,2 mil pessoas devem ser encaminhadas para vagas de emprego neste fim de ano, especialmente na área do comércio.

Em quase quatro anos foram oferecidas 27 mil vagas de emprego pelo Sine Amazonas. O número é expressivo, considerando que, entre 2020 e 2021, o mundo enfrentou os momentos mais críticos da pandemia de Covid-19.

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontam um saldo de 60 mil empregos formais criados no Amazonas, desde 2019, em todos os setores da economia.

*Sine Amazonas*

O Sine Amazonas é coordenado pela Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

Para que a população que busca recolocação no mercado de trabalho esteja capacitada, o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e outras instituições atuam na qualificação desses profissionais.

A estimativa para o final de ano é que, nesses dois últimos meses de 2022, sejam oferecidas 300 vagas de emprego pelo Sine Amazonas e mais de 1,2 mil pessoas sejam encaminhadas para entrevistas.

*FOTOS:* Lucas Silva/Secom

0 comentário