top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Em Rio Preto da Eva, PC-AM prende grupo criminoso por golpes aplicados contra idosos em agências ban

Os envolvidos subtraíram entre 5 mil a 10 mil reais das vítimas, ao realizar movimentações financeiras indevidas


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Rio Preto da Eva, prendeu em flagrante, na quarta-feira (22/03), Alcirene Alves Fontes, 38; Klicia Adria da Silva Rodrigues, 25; Marcos Heleno Batista Marinho, 48; Patrick Rodrigues Caldas, 29; e Rosimeire Lima de Souza, 55, por associação criminosa envolvendo golpes praticados contra idosos em agências bancárias, daquele município (a 57 quilômetros de Manaus).

Durante coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (23/03), na sede da Delegacia Geral, situada na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste, o delegado Henrique Brasil, titular da unidade policial, explicou que na ocasião do crime, as vítimas eram ludibriadas a realizar transações bancárias e empréstimos, no momento em que iam receber seus respectivos salários ou benefícios oriundos de programas sociais do governo.

“Iniciamos as diligências a partir de uma grande quantidade de registros de Boletins de Ocorrência (BOs) na 36ª DIP acerca de furtos qualificados contra idosos, cometidos em agências bancárias, envolvendo a mesma forma de agir. No início deste mês efetuamos a prisão de um trio criminoso pela mesma prática delituosa. E, em continuidade às investigações, constatamos que havia outro grupo criminoso realizando a mesma ação delituosa”, disse.


Segundo o titular, as equipes policiais intensificaram os trabalhos investigativos e começaram a monitorar a movimentação dos infratores em um veículo Volkswagen Gol, cor branca.

“O grupo era coordenado por Marcos Heleno e Patrick Rodrigues e eles contrataram Alcirene, Klicia e Rosimeire para participar da ação criminosa. Elas tinham ciência da situação em que iriam se envolver. Nós conseguimos efetuar as prisões dos infratores na Rodovia Estadual AM 010, quilômetro 60, zona rural de Rio Preto da Eva”, informou.


Orientação

O delegado explicou, ainda, que a abordagem criminosa seria uma espécie de auxílio aos idosos, pois eles possuem dificuldades no ato de realizar transações financeiras. Os valores subtraídos pelo grupo variam de 5 mil a 10 mil reais.


“No total, conseguimos identificar oito vítimas do golpe. Em particular, um idoso que tinha 78 anos, entrou em um quadro depressivo grave em decorrência do golpe sofrido em dezembro de 2022. Ele deixou de realizar as refeições alimentares e beber água, e, em fevereiro deste ano, foi a óbito”, contou.

O titular alerta que é muito importante que familiares ou pessoas confiáveis acompanhem os idosos em agências bancárias, para que sejam blindados de situações como essa.

“Os idosos são pessoas vulneráveis e, geralmente, não têm afinidade com tecnologia. Por isso, é importante que eles estejam acompanhados de algum familiar ou de qualquer pessoa de confiança, para evitar ocorrências semelhantes”, salientou.


Prisões e procedimentos

Alcirene, Klicia, Marcos, Patrick e Rosimeire foram presos na Rodovia Estadual AM 010, quilômetro 60, zona rural de Rio Preto da Eva.

Eles foram flagranteados por associação criminosa e responderão a oito Inquéritos Policiais (IPs) por furto qualificado e associação criminosa. Todos ficarão à disposição do Poder Judiciário.

0 comentário

Comentarios


bottom of page