Buscar
  • Adauto Silva

Em plena pandemia, Manicoré fica sem médicos, denunciam moradores

Médicos clínicos e especialistas suspendem atendimento e deixam a cidade de Manicoré/AM, localizada no médio Rio Madeira.


Apesar dos 2.406 casos de covid-19 e 57 obitos registrados em Manicoré, o município está ficando sem médicos.


A denúncia é de moradores da cidade que dizem que a redução de salários e o atraso no pagamento dos profissionais de saúde, tem motivado a saída dos médicos clínicos e especialistas



Do f//Manicoré Fuxico


A partir desse momento Manicoré está sem ginecologista obstetra, cirurgião geral e anestesistas.



ESTAMOS FICANDO SEM MÉDICOS. ESPECIALISTAS E CLÍNICOS ESTÃO INDO EMBORA POR FALTA DE PAGAMENTOS.



Nosso hospital não é mais o mesmo. Os indices de óbitos a cada dia vem aumentando, e para completar o caos que estamos vivendo, a prefeitura resolveu reduzir o pagamentos dos médicos clínicos e está atrasando o pagamento dos especialistas. Resultado, eles estão indo embora de Manicoré.



Desde a semana passada a especialista em ortopedia era para está atendendo, porém a mesma não foi autorizada pela Secretaria Municipal de Saúde a vir para atendimento no hospital em Manicoré, vale lembrar que hoje temos 10 pacientes internados esperando por essa especialidade. ÓBITOS PODARIAM TER SIDO EVITADOS SE ESTIVEMOS COM ESSA ESPECIALISTA ATENDENDO NO HOSPITAL REGIONAL.


Nas UBS é quase rotineiro não termos médicos atendendo e em menos de dois meses de gestão já tivemos 4 diretores do hospital e dois secretários de Saúde. Sabemos os resultados, os números estão aí para analisarmos. UM TOTAL DERRESPEITO COM SAÚDE DA POPULAÇÃO.


Nossa reportagem não conseguiu falar com a prefeitura do município ou secretaria de saúde, mas o site está a disposição para informar a posição do poder público municipal.

0 comentário