top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Em Parintins, produtores rurais buscam fortalecer o desenvolvimento da produção de hortaliças

Aulas teóricas, práticas em campo, comercialização e compostagem foram ministradas por técnicos da Sepror, para cerca de 50 produtores da região

 

Com a finalidade de desenvolver a agricultura familiar para gerar uma renda extra, a produtora rural Maria do Carmo vem buscando conhecimento para agregar em sua produção de hortaliças. Ela integra um grupo de cerca de 50 produtores rurais da Vila Amazônia, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), que foram capacitados pelo curso de Boas Práticas do Cultivo de Hortaliças.

"Viemos atrás de mais um conhecimento e trocar experiências. Isso para a gente é muito maravilhoso. Então, é isso que buscamos aqui, ter o nosso sustento e de nossa família, além também de realizar a comercialização para ter mais uma renda", diz Maria.

O curso que se encerrou na sexta-feira (30/06), com duração de dois dias, foi coordenado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), em parceria com a Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento de Parintins (Sempa), na Fazenda Luiz de Medeiros, no bairro Pascoal Alangio, Vila Amazônia, em Parintins.

 

O engenheiro agrônomo José Portugal, da Sepror, explica que foram realizadas práticas de como utilizar os biofertilizantes, semeadura, compostagem de produtos orgânicos e a comercialização, para buscar incentivar os produtores ao desenvolvimento da cultura das hortaliças.

"Nós plantamos algumas hortaliças, onde serão distribuídas aos produtores que desejam dar continuidade. E, futuramente, vamos retornar para acompanhar o resultado da produção. Nosso objetivo é que o grupo fique fortalecido, pois é bom para a economia do município e do estado", ressalta Portugal.

 

O coordenador da Fazenda Luiz Medeiros e engenheiro agrônomo da prefeitura de Parintins, Everton Nunes, destacou que "a região da Vila Amazônia tem um potencial grande na produção de hortaliças. Por isso, estamos muito satisfeitos, pois na véspera do festival, nós tivemos essa oportunidade de capacitar cerca de 50 pessoas, que vieram buscar conhecimento para poder produzir mais", finaliza.

 

0 comentário

Comentários


bottom of page