top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Em parceria com o Governo do Amazonas, a Prefeitura de Nhamundá realiza o 4º Torneio de Pesca Esport

Por meio da Sepror, Nhamundá recebe apoio para potencializar a atividade da pesca esportiva no estado

 

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), participou da realização do 4º Torneio de Pesca Esportiva de Nhamundá (a 383 quilômetros de Manaus). O evento ocorreu neste sábado (07/10), promovido pela prefeitura do município, coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Sedema).


 

O torneio iniciou às 6h, e teve a duração total de 7h seguidas, contando com a participação de 42 pescadores esportivos, distribuídos em 21 embarcações. No encerramento, ocorreu a premiação do 1°, 2° e 3° lugar dos participantes que obtiveram a maior pontuação (somatória dos 5 maiores tucunarés).

 


Tradicional no baixo Amazonas, o torneio ocorreu durante a realização da 29ª Festa da Pesca ao Tucunaré de Nhamundá. 


 

“A Sepror prestou apoio técnico na elaboração do regulamento do evento, no licenciamento e realizou a arbitragem do torneio de pesca. Existe todo um trabalho para potencializar a atividade, desde os cursos de capacitação e ordenamento pesqueiro (acordo de pesca)”, ressalta o gerente de pesca da Sepror, João Bosco.


 

Regulamento

Para conscientizar a população e os pescadores esportivos na preservação do meio ambiente e principalmente da espécie do Tucunaré, a Sepror em parceria com a Sedema, elaboraram o regulamento do 4º Torneio da Pesca Esportiva, e o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) autorizou a realização do torneio.


 

De acordo com o secretário da Sedema, João Paulo Ferreira, o município possui um grande potencial para a atividade da pesca esportiva, buscando se tornar referência no Amazonas.


 

“Aqui a principal espécie de Tucunaré é o ‘Cichla Vazzoleri’. Estamos implantando também acordos de pesca nos Rios Alto Nhamundá e Paracatu, são regras que vão dinamizar a atividade de pesca na região de forma organizada, e consequentemente, potencializar o turismo no baixo Amazonas”, finaliza João Paulo Ferreira.

 

Condutor de Pesca Esportiva

Com a finalidade de gerar novas oportunidades de emprego, durante as realizações de eventos voltados à pesca na região, a Sepror, em parceria com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (AmazonasTur), capacitou mais de 50 pessoas no curso de condutores de pesca esportiva, em 2022 e 2023.

 

“Participei como condutor de pesca do Torneio de Pesca Esportiva de Nhamundá.  Nós buscamos se legalizar, e essa mão do Governo foi essencial”, diz o condutor Moisés Miranda. Ele foi capacitado pelo curso em 2022, e atualmente presta serviços voltados como condutor de pesca.

0 comentário

Comments


bottom of page