top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Em Jutaí, Governo do Amazonas entrega mais de 4 mil mudas de Castanha do Brasil

 A iniciativa tem como objetivo recuperar áreas desmatadas com árvores nativas e beneficiar produtores rurais 


O Governo do Amazonas, por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), em parceria com a Prefeitura Municipal de Jutaí e a Associação dos Produtores Rurais do Jutaí (Asproju), vai entregar 4.200 mudas de Castanha do Brasil aos agricultores familiares da comunidade de Vila Efraim, no município de Jutaí (distante 751 quilômetros de Manaus). Os trabalhos começaram no dia 13 de março e serão concluídos nesta sexta-feira (17/03).

A iniciativa surgiu a partir de reuniões realizadas entre técnicos do Idam e membros da Asproju, responsáveis pela área de reserva desmatada dentro do município. As mudas foram doadas pela empresa Agropecuária Aruanã, por meio do Instituto Excelsa, e destinadas aos agricultores familiares da cadeia produtiva da mandioca, banana e hortaliças em geral. A distribuição conta com apoio da prefeitura municipal e beneficia 12 famílias da comunidade.

De acordo com o gerente da Unidade Local (Unloc) do Idam em Jutaí, Helison Ramos Sampaio, depois de entregues e replantadas há o acompanhamento e assistência técnica junto aos produtores beneficiados.

“O objetivo da nossa parceria é reflorestar a área local com o plantio de uma espécie nativa e que em breve vai gerar renda e qualidade de vida aos agricultores da comunidade.”


O agricultor Eliezeu de Souza Martins, que recebeu 350 mudas, ressalta a importância de iniciativas como essas, pois além de projetar bons rendimentos para o futuro, contribui significativamente com o meio ambiente.

“As mudas de Castanha do Brasil enriquecem nossa terra, protegem nossa área e não atrapalham em nada os nossos cultivos. É uma garantia para os nossos filhos, que certamente farão proveito desse plantio no futuro e isso nos tranquiliza, pois sabemos que haverá floresta em pé e renda para eles”, finalizou o agricultor.


Castanheira


Entre os muitos recursos da Floresta Amazônica, a castanheira-do-brasil (Bertolethia excelsa H. B. K. ) é uma das maiores árvores da fauna brasileira. Pode também ser encontrada na Amazônia boliviana, colombiana, equatoriana, peruana e venezuelana, sendo o Brasil o maior produtor e beneficiador do fruto, que tem alta demanda no mercado internacional.

O seu fruto, conhecido como ouriço, possui em seu interior de dezoito a vinte e cinco sementes, cujas amêndoas são popularmente chamadas de castanhas ou castanhas-do-brasil. Esta amêndoa apresenta de 60% a 70% de lipídios e 15% a 20% de proteínas, sendo por esta razão considerada um produto de elevado valor nutricional, com destaque para o Selênio, um mineral com propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e cardioprotetoras, que fortalece o sistema imunológico, além de ajudar na prevenção de doenças como esclerose múltipla, infarto e AVC.


0 comentário

Commenti


bottom of page