top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Em Coari, PC-AM prende mulher que se passava por funcionária do Ministério da Justiça para aplicar g

Ela responderá pelos crimes de usurpação da função pública e uso de documentos públicos falsos


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), prendeu em flagrante, na terça-feira (06/06), uma mulher de 44 anos, pelos crimes de usurpação da função pública e uso de documentos públicos falsos, após ela se passar por funcionária do Ministério da Justiça para aplicar golpes.

Segundo o delegado José Barradas, titular da DIP, as diligências iniciaram após a equipe policial receber da mulher um documento público com a sigla da campanha Sinal Vermelho. Após averiguações, foi identificado que o documento era falso, e que ela já estava sendo investigada em Manaus por crimes de estelionato.

“Ela se intitulava representante da Campanha Nacional Sinal Vermelho no Amazonas, e já havia se apresentado em outras repartições públicas como servidora do Ministério da Justiça”, disse Barradas.

Ainda conforme a autoridade policial, a mulher agendava reuniões com a intenção de conseguir documentos e assinaturas de autoridades na área de segurança pública e justiça, com o intuito de enganar seguidores nas redes sociais com doações via Pix para a suposta campanha.

Procedimentos

Ela foi autuada pelos crimes de usurpação da função pública e uso de documentos públicos falsos, e ficará à disposição do Poder Judiciário.


0 comentário

Comments


bottom of page