top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdauto Silva

Em Coari, PC-AM prende chefe de organização criminosa apontado como mandante de duplo homicídio

Prisão ocorreu na quinta-feira (02)

 

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), cumpriu, na quinta-feira (02/03), mandado de prisão preventiva de Vitor Laborda Laranjeira, 25, conhecido como “Vitão”, integrante de uma organização criminosa e apontado como mandante do duplo homicídio de Alciney Cordovil Pereira, 31, chamado de “Pacu”; e Davison Brito Lobato, 29, o “Zé do Duque”.

 

O duplo homicídio ocorreu no dia 5 de outubro de 2022, entre as 18h30 e 19h, no Campo do Jacó, bairro Itamaraty, naquele município.

 

De acordo com o delegado José Barradas, titular da unidade policial, durante a ação criminosa, dois indivíduos que estavam em uma motocicleta fizeram uma emboscada para Alciney, e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra ele, que não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

 

“No decorrer das investigações, identificamos a dupla de pistoleiros como Erick Severino dos Reis e Mateus Souza dos Santos, que cometeram o crime a mando de Vitor. Ambos estão foragidos”, explicou Barradas.

 

Conforme a autoridade policial, os infratores também foram identificados por testemunhas, que repassaram a informação para a família de Alciney. Durante uma tentativa de vingança, o irmão de Alciney, Davison Brito Lobato, também foi alvejado pelos pistoleiros no bairro Chagas Aguiar, e foi a óbito momentos depois no hospital regional.

 

“Diante dos elementos de informação, identificamos e representamos pela prisão preventiva dos investigados, pois verificamos indícios suficientes de materialidade e autoria. As ordens judiciais em nome dos infratores foram decretadas pela Justiça. Todos fazem parte de uma organização criminosa que disputa o tráfico de drogas na região”, detalhou o delegado.

 

Procedimentos

 

“Vitão” responderá por homicídio qualificado e organização criminosa. Ele será encaminhado à audiência de custódia e ficará à disposição do Poder Judiciário.


0 comentário

Comments


bottom of page